A Samsung fez um evento no Museu do Futebol, em São Paulo, para anunciar sua linha 2013 de TVs. O evento até contou com a presença dos ex-jogadores Marcos e Cafu, por um bom motivo: a nova linha de TVs vem com a função Futebol.

Ativado por meio de um botão no controle remoto, o recurso desenvolvido no Brasil deixa as cores mais vivas e ressalta o verde do gramado. Além disso, diminui o volume da narração e aumenta o barulho da torcida – quase um “Cala Boca Galvão” embutido para deixar a partida mais emocionante.



Nas Smart TVs, também é possível ver o replay instantâneo, sem precisar esperar a emissora reprisar um lance duvidoso ou aquele golaço. Mas, para isso, você vai precisar de um HD externo ou pen drive, já que nenhum modelo da linha tem memória interna. E é bom ter espaço livre: uma partida ocupa cerca de 8 GB de espaço.

Também é possível usar redes sociais na TV, se a fase não é das melhores e você tem mais sofrido do que comemorado. Os modelos mais avançados têm integração com Facebook, Twitter, TweetLive, Google Talk e Skype; e você pode usar seu smartphone como teclado. Claro, aí provavelmente é melhor usar o smartphone direto para xingar o centroavante caneleiro, ou o lateral que não sabe cruzar.

Toda a linha 2013 tem a função Futebol – os preços começam em R$ 1.100 – mas os outros recursos só estão disponíveis em certos modelos. Na linha 2012, as séries 7000 e 8000 também podem ter acesso à função, mas isso tem um preço: R$ 1.000, valor do Evolution Kit 2013. Outros produtos da empresa, como TV-monitores, home theaters e mini systems também têm funções parecidas.

As expectativas de venda da Samsung são altas: o mercado de televisores no Brasil deve superar a marca de 10 milhões de unidades vendidas por ano em 2013. E grandes eventos esportivos, como a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, são grandes geradores de demanda, ainda mais no país-sede. Só esperamos que a Seleção não desaponte: seria triste ver a função Futebol ressaltando vaias e não gritos de gol. [Samsung]