A imitação é a mais sincera forma de elogio, mas talvez seja melhor pensar duas vezes antes de copiar aquele tweet engraçadinho de outra pessoa — algo comum (e irritante) em perfis de humor com milhares de seguidores. O Twitter está ajudando usuários a impedir a ação de ladrões de piadas e plagiadores.

Se alguém copiar um tweet seu e você abrir uma reclamação de DMCA (Digital Millennium Copyright Act), com base em uma lei americana de direitos autorais, a rede social tratará o caso como uma infração e vai ocultar o conteúdo do tweet “roubado”.

A novidade sobre a proteção de tweets foi descoberta pela conta @PlagiarismIsBad. Uma mensagem mostra quem copiou a piada da conta @runolgarun:

A piada é: “vi alguém derrubar um suco detox caríssimo na calçada e agora sei que Deus está do meu lado”.

Segundo o The Verge, a escritora freelancer Olga Lexall denunciou ao Twitter uma série de contas que copiam tweets dela. Lexell explica que solicitou a remoção dos tweets plagiados, uma vez que escrever piadas é a profissão e o ganha-pão dela. “… as piadas são minha propriedade intelectual e os usuários em questão não tinham a minha permissão para repostá-la sem me dar crédito”. Além disso, as contas plagiadoras eram de spam.

Entretanto, o sistema não é perfeito. Usuários começam a testar os limites da nova função postando em massa o mesmo tweet da escritora:

1356782126540662600

Qualquer pessoa pode fazer uma denúncia por meio deste formulário e, além de tweets, também é possível denunciar vídeos roubados do Vine. Entretanto, reportar um tweet plagiado está longe de ser tão simples quanto reportar um spam: é preciso providenciar endereço, telefone e diversas outras informações pessoais.

Além disso, por se tratar de uma lei americana, não fica claro se tweets de outros idiomas e países estão protegidos por estas regras do Twitter. Ou seja, este provavelmente não é o fim de contas como @PiadasHomer e @OPiadas que vivem dos tweets dos outros. De qualquer forma, com tantos tweets roubados por aí, seria impossível para a rede encontrar todos.

Quando perguntei sobre essa nova função, um porta-voz do Twitter me disse: “não comentamos sobre casos específicos”, e me enviou um link para as regras e políticas da rede.

[@PlagiarismIsBad via The Verge]

Foto por Marcio Jose Sanchez/AP