Uma reclamação antiga dos motoristas da Uber foi, finalmente, atendida pelo aplicativo. A partir de agora, eles serão avisados sobre a forma de pagamento que o usuário escolheu para pagar a corrida.

• Brasil já é o 2º mercado da Uber no mundo, só perdendo para os EUA
• Uber lança sorteio para um ano de corridas grátis em campanha contra carro particular



O recurso ajudará os motoristas a terem mais controle sobre suas corridas e se sentirem mais seguros – quando a opção de pagamento em dinheiro foi lançada em 2016, eles passaram a reclamar da frequência de assaltos.

Por outro lado, o usuário que costuma escolher essa opção de pagamento pode ter mais dificuldades para ser atendido. Alguns usuários do 99 reclamam que, no pagamento com dinheiro, é preciso esperar mais tempo até achar um carro, conforme indica o UOL.

A informação sobre o método do pagamento na Uber só irá aparecer depois que o motorista aceitar realizar a corrida, mas antes do passageiro entrar no carro. Se ele quiser, poderá cancelar o chamado e o aplicativo do usuário irá procurar outro motorista.

Segundo a Uber, a função já está disponível na nova versão do aplicativo para motoristas, que foi lançado no começo deste mês. Além dessa novidade há um rastreador de ganhos em tempo real, guia básico do motorista parceiro, otimização de conexão para iniciar e encerrar corridas mesmo quando está sem internet.

A empresa tem tentado aumentar suas medidas de segurança após uma série de escândalos internos e casos de violência envolvendo passageiras. No mês passado, a companhia anunciou um investimento de R$ 250 milhões para os para abertura de um centro de desenvolvimento tecnológico no Brasil voltado para a segurança.

Recentemente, o aplicativo ganhou uma “Central de segurança” e botões para compartilhar trajeto com amigos e contatar a polícia diretamente a partir do app.

Imagem do topo por Alessandro Feitosa Jr./Gizmodo Brasil