Você está preocupado com o clássico problema de celulares superaquecendo? Ou tem vontade de fazer overclock no seu PC de bolso? Caso esteja, você vai ficar feliz em conhecer a nova tecnologia de resfriamento líquido para smartphones da Fujitsu. Ela funciona mais ou menos como colocar um radiador de carro dentro do seu celular — é uma ideia legal, mesmo que você não vá precisar dela.

O novo sistema de transferência de aquecimento em loop da Fujitsu é fixado ao CPU do smartphone ou do tablet. Ele tem menos de um milímetro de espessura, mas ainda é capaz de bombear um líquido de resfriamento pelas entranhas do seu celular para dissipar o calor. A empresa explica:



Um fluído é encapsulado dentro deste loop para funcionar como um resfriador. O calor da fonte de aquecimento evapora o líquido, e a energia usada para evaporá-lo é retirada da fonte de calor, diminuindo a temperatura. É baseado no mesmo princípio de jogar água na calçada para reduzir o calor dela.

Parece bem legal! Em teoria ele pretende melhorar a performance de um celular sem a necessidade de gastar a bateria. O problema é que smartphones já tem uma boa performance sem aquecer muito, a não ser que você o use para realidade virtual ou algo assim, e os processadores que fazem os celulares funcionar ficam cada vez mais eficientes com o tempo.

Hipoteticamente, a ideia que precisaremos de processadores grandes e que superaquecem com facilidade para enviar mensagens a nossos amigos é pouco convincente, mas é bom saber que temos opções para resfriarmos nossos celulares da mesma forma que resfriamos nossos computadores para jogos. [Fujitsu via ZDNet]

Imagem de capa: Fujitsu