Isso parece uma bolinha de gude cromada flutuando no espaço longínquo. Ou a palantír de Orthanc, magicamente transportada da Terra Média para 11.000 anos-luz daqui, na constelação de Cassiopeia. Mas é só um efeito visual. Esta é a Nebula Bolha.

Catalogada como NGC 7635, é conhecida simplesmente como Nebula Bolha. Apesar de aparência delicada, há evidências de processos violentos ocorrendo dentro da bolha de 10 anos-luz de diâmetro. Acima e à direita do centro da Bolha há uma estrela quente do tipo-O, centenas de milhares de vezes mais luminosa aproximadamente 45 vezes mais massiva que o nosso Sol. Um forte vento estelar e radiação intensa da estrela atingem a estrutura de gás brilhante contra um material mais denso na nuvem molecular ao redor.

Eu fico maravilhado em saber como uma violência cósmica tão grande pode gerar tamanha beleza. [APOD]