E se os games fossem realistas?

Não importa quanto o Blanka ou o Zangief apanhem, eles nunca têm que ir pro hospital – no máximo, sai um sanguinho aqui e outro ali. Mas e se os games investissem MESMO no realismo – não só no visual e no engine? O resultado está aqui.

Por falar nisso, a mesma dúvida surgiu com relação aos fantásticos filmes que povoam a telona. Sem a fantasia, será que eles seriam tão legais assim?

Oh, no! They’ve killed Lala!

Caçar zumbis e matá-los de maneiras diferentes é o objetivo do Left 4 Dead. Mas aí alguém achou graça inventar uma versão em que a caça é outra. Tipo Teletubbies.

Zoaram o Oasis. Vai dizer que eles não mereciam? Nem um pouquinho?

Agora você pode tentar ser o melhor cover do melhor cover dos Beatles com o Rockband Oasis! Bônus: módulo street fighter com Noel e Liam Gallagher.

Não se fazem mais vinhetas de seriados como antigamente…

O tio Patinhas é aquele cara pão-duro pra caramba, mas que tem lá sua simpatia. Digo, até você ver a abertura alternativa para Ducktales e outras séries da nossa infância.

Quem disse que só gostosas e motores é que vendem carros?

Carros são objetos que as pessoas usam para se sentir mais poderosas, impressionar o sexo oposto e fazer inveja aos amigos. É nisso que os comerciais de carros apostam. Mas não esse, que conta a história do monstrinho mais fofo do mundo.

Bom final de semana!