A Comissão Europeia arquivou o processo judicial antitruste contra a Microsoft e o Internet Explorer. Eles conseguiram dobrar a Microsoft, mas não receberam nada nem próximo dos 1,35 bilhões de dólares de multa estipulados no passado.

Em vez disso, a Microsoft concordou em deixar os consumidores escolherem entre até 11 navegadores concorrentes do IE, incluindo Firefox, Chrome, Safari e Opera. As fabricantes de computadores também poderão escolher outros navegadores para instalar em PCs com Windows antes de vendê-los.

Os consumidores europeus que já possuem o Windows XP, Vista ou 7 receberão uma atualização de software até março, que os permitirá mudar facilmente de navegador. Daí pra frente, até 2015, quem comprar o Windows verá as opções de navegador automaticamente. Como quem tem PC já tem acesso a alternativas ao IE mesmo, tudo o que a Microsoft está sendo forçada a fazer é basicamente lembrar que eles têm escolha. Parece um sistema bastante justo, o que torna ainda mais surpreendente o fato de que tiveram que envolver bilhões em multa para chegarem até essa solução. [NYT]