Os próximos smartphones da série Pixel 4, do Google, terão bordas superiores gigantes, contendo espaço para algum tipo de componente misterioso, de acordo com imagens vazadas no Twitter.

Segundo o Verge, as imagens vazadas (do vazador Ice Universe) mostram esquemas dos painéis forntais ou protetores da próxima linha de telefones do Google. As imagens mostram vários recortes no painel superior, o que o 9to5Google diz ser para duas câmeras, um sensor de reconhecimento facial amplamente esperado, um alto-falante, além de um sensor do “Project Soli”. O 9to5Google diz ser provável que o sensor que deve ser incluído no Pixel 4 pode ser usado para “qualquer coisa, desde permitir controle por meio de gestos para manusear o aparelho enquanto dirige ou novos métodos de interação com o Google Assistente” e parece um palpite razoável sobre o que poderia preencher este espaço gigante.

O @OnLeaks e o iGeeksBlog exibiram vazamentos do que se espera ser o produto final, embora eles notem que ainda não há uma explicação oficial sobre a serventia do que é o grande recorte do lado direito superior.

Outras explicações especulativas para o recorte abrangente incluem um sensor para um recurso que imita os monitores dinâmicos True Tone da Apple.

Como observado pelo Verge, esses painéis são consideravelmente maiores do que o de telefones Android concorrentes, como o S10 Plus e o OnePlus 7 Pro. Mas os proprietários do Pixel 3XL podem ficar felizes em ver que isso poderia confirmar que o notch (ou entalhe) gigante localizado na parte superior do dispositivo acabará.

Diz o 9to5Google:

A diferença de tamanho entre o Google Pixel 3 e o Pixel 4 XL também é exibida, e há uma diferença considerável em altura e largura. As dimensões totais do Pixel 4 são 147 x 68,8 x 8,2 mm, com uma protuberância de câmera de 9,3 mm. Já o Pixel 4 XL deve ter dimensões de 160,4 x 75,2 x 8,2 mm, que foram anteriormente reveladas. É só um pouco maior que o Pixel 3 de 2018 que tem 145,6 x 68,2 x 7,9 mm.

O Google já divulgou imagens da traseira dos smartphones, confirmando que o Pixel 4 será lançado com câmeras traseiras duplas que não estavam presentes no Pixel 3. Até agora, o Google dependeu de métodos de software para melhorar o modo retrato, o modo Night Sight e o Super Res Zoom. Então, a adição de sensores poderia incrementar ainda mais os recursos de foto do aparelho. (Existem também dois slots para sensores na saliência da câmera, que podem ser usados para qualquer coisa, como um sensor time of flight para auxiliar a capturar mais informações da cena). Fica faltando as informações sobre o sensor de impressões digitais, que poderia ser substituído por um sensor sob a tela ou alguma tecnologia do Project Soli.

Só o tempo dirá. O Google deve anunciar os novos smartphones da linha Pixel 4 em outubro, embora a empresa não seja lá muito boa em preservar vazamentos (ou será que vazam de propósito?). Quem sabe não ficamos sabendo de mais detalhes dos aparelhos muito antes do anúncio, né?

[9to5Google via The Verge]