A Spirit, o pobre veículo motorizado que está preso na areia de Marte desde ano passado, na verdade contribuiu para uma descoberta bem impressionante em seus meses sedentários: provas de água em Marte abaixo da superfície.

Vamos recapitular: a Spirit é um dos dois Mars Rovers que terminaram suas missões em 2004 e que entraram desde então em "missões bônus", como diz a NASA. Ela escorregou numa crosta de Marte em abril de 2009 e ficou presa na areia macia lá no fundo. Ela tentou sair de lá, mas continuou presa, e sete meses depois uma segunda roda quebrou. Desde então, a Spirit é considerada uma estação científica estacionária.

Mas assim como tudo que está próximo do seu sofá de repente fica mais interessante quando você está com a perna quebrada, os cientistas deixaram o veículo Spirit se acomodar e conduziu vários testes detalhados no solo imediatamente ao redor. Esses testes descobriram uma composição variada nas camadas do solo abaixo do Rover, com materiais geralmente insolúveis aparecendo próximo da superfície e outros mais solúveis em maior profundidade. Isto está levando os cientistas a defender a hipótese que a água, talvez na forma de geada ou neve derretida, penetrou no solo marciano recentemente, e mais de uma vez.

A Spirit hoje está em modo de hibernação de baixo consumo de energia para sobreviver ao inverno, e teremos que esperar até março, quando seus painéis solares estarão na posição para coletar luz do Sol, para ver se ele acorda de novo. Enquanto isso, boa sorte, garoto: você é um exemplo de perseverança. [NASA]