Depois de um longo dia examinando rochas em Marte, o Curiosity parou por um instante para observar o pôr do sol  — a primeira vez em 956 pores do Sol que o robô viu o fenômeno em cores.

As quatro imagens, registradas durante seis minutos e 51 segundos, foram capturadas com o olho esquerdo da câmera no mastro do Curiosity — diferente das lentes do braço do robô, que ele usa para tirar selfies de tempos em tempos.

As imagens do pôr do Sol tiveram as cores calibradas para ficarem parecidas com a forma como o olho humano a enxergaria. A coloração azulada do ar se dá por causa das partículas da atmosfera de Marte, que permitem que a luz do azul penetre na atmosfera melhor do que comprimento de ondas mais longos.