Atualização (17/11 às 19h30): uma versão anterior do post dizia que o buraco foi reformado em 48 horas. No entanto, a mídia japonesa diz que foi em 5 dias. 

No Japão, menos de uma semana depois de um buraco imenso aparecer no meio da rua, ele foi completamente tapado.

Como está o Japão cinco anos após o grande terremoto de 2011
Um trecho inteiro de viaduto foi substituído na China em apenas 43 horas

No dia 8 de novembro, um buraco de 30 metros de largura surgiu meio que do nada em uma grande avenida na cidade de Fukuoka. O buraco não era nada modesto: ele também tinha 27 metros de comprimento e 15 metros de profundidade. A mídia local diz que um erro na construção de uma linha de metrô fez o asfalto desabar. O vídeo abaixo, em timelapse, dá uma ideia de como foi o trabalho:

Abaixo você pode ver o buraco se abrindo:

https://vine.co/v/5jnHwP0Yi6P

Mas ele não durou muito tempo: em um período de cinco dias, segundo o Japan Today, o buraco sumiu: operários trabalharam nesse período para preencher o espaço com 6.200 metros cúbicos de areia e cimento. Eles também refizeram encanamentos e trocaram semáforos e postes.

Os gifs abaixo mostram quão incrível foi todo o trabalho: em um timelapse, você vê a avenida ressurgindo no lugar em que estava o buraco.

Depois de reconstruída, a avenida ainda passou algum tempo fechada: ela foi reaberta para o tráfego no fim da tarde de ontem (15), uma semana após o acidente, depois da realização de testes de segurança. Segundo o prefeito de Fukuoka, Soichiro Takashima, o asfalto novo é 30 vezes mais resistente do que o anterior.

Então além de reconstruir uma avenida rapidamente, a cidade também garantiu que ela ficasse mais segura e confiável do que antes.

A eficiência japonesa para reconstruir o que foi destruído não é novidade. O grande terremoto de março de 2011 deixou um rastro de destruição no país. Cinco anos depois, talvez nem tudo esteja como novo, mas ao menos o processo de limpeza já foi finalizado e partes do país ainda estão sendo reparadas.

[RT, ABC News, Japan Today e Jalopnik]

Foto de destaque: comparação entre antes e depois do conserto do buraco. Via Kyodo News/AP