O calor do verão brasileiro só me faz querer praticar esqui, ou qualquer coisa que envolva gelo e neve. Esqui de gente normal, nada tão radical quanto o que este cara fez: o recorde de distância em um salto (depois de passar, ao que parece, 3 dias no ar), esta semana, na Noruega. Foi o primeiro dia de treinos na nova rampa, projetada para mandar pessoas para muito longe.

O norueguês Johan Emen Evensen, de 25 anos, bateu um recorde que durava 5 anos (de 239 metros) logo na estreia da rampa de Vikersundbakken, na sexta-feira, ao saltar a distância de 243 metros. Em outra tentativa, avançou 246,5m (no vídeo). O interessante é que há mais de 20 anos o recorde sempre era batido no mesmo lugar, em uma montanha da Eslovênia. Os noruegueses pareciam frustrados com isso, e criaram Vikersundbakken, um pico para os saltadores que não tem basicamente nada de natural. Veja o vídeo da construção do lugar:

A rampa de 225 metros (135m de altura) tem 38° de inclinação faz com que os esquiadores voem a 104 km/h antes de tocar o chão. Aparentemente o esporte envolve bem mais do que uma rampa bacana e bolas de ferro (para mudar o centro de gravidade, acho), e um campeonato está rolando este fim de semana para ver quem voa mais longe. [Wired]