Os contrarregras escondidos nos bastidores asseguravam que as portas automáticas de séries como Star Trek sempre abrissem com timing e velocidade impecáveis. E agora uma equipe de pesquisadores japoneses com foco em robótica desenvolveu um sensor que pode fazer com que as portas automáticas se tornem um pouco menos estúpidas.

Para ser mais específico, os sensores usados na maior parte das portas automáticas são facilmente enganados por pessoas que estão simplesmente caminhando perto deles, sem a intenção de cruzar as portas. Além disso, muitas vezes as portas se abrem com lentidão quando alguém está se aproximando. Mas usando lasers e algoritmos avançados, as novas portas tentarão adivinhar se alguém realmente está prestes a passar por elas e, com base na taxa de aproximação da pessoa, elas ajustarão a velocidade de abertura de modo que a pessoa não precise diminuir o passo para não dar com a cara no vidro.



Infelizmente, os pesquisadores estimam que seus novos sensores poderão adicionar até US$1.000 ao preço de uma porta automática. E esse é um custo que os estabelecimentos menores provavelmente não estão dispostos a desembolsar. Mas com o passar do tempo, os componentes ficarão mais baratos, então talvez nós não tenhamos que esperar até que as naves de Stark Trek existam de verdade para ver as novas portas automáticas serem implementadas.

[YouTube via IEEE Spectrum]