A Venezuela depende muito da geração de energia de usinas hidroelétricas. No entanto, o país tem sofrido uma longa e dura seca. Agora, em uma ação de desespero, o governo estabeleceu um fim de semana de três dias para reduzir a demanda por energia.

>>> Dinamarca estabelece recorde por ter quase metade de energia elétrica gerada pelo vento

Os níveis de água das maiores usinas hidroelétricas do país, segundo a Bloomberg, estão prestes a atingir um estado crítico. O nível de água por trás da hidrelétrica de Guri, por exemplo, fica em uma queda de 243 metros acima do nível do mar — caso caia para 240 metros, suas turbinas terão de ser desligadas até o nível da água aumentar, para evitar danos.

Com isso em mente, o presidente Nicolas Maduro criou um plano de 60 dias, entre abril e maio, para ajudar a amenizar a situação. Toda sexta agora será um feriado público, além disso, fábricas deverão cortar o consumo de energia em 20%. Foi solicitado a hotéis e shopping que usem geradores em vez da rede comum de energia.

O presidente Madurou explicou o plano na TV estatal do país:

“Este plano de 60 dias, para dois meses, permitirá que o país supere o período de maior dificuldade e de grande risco. Faço um apelo para as famílias e juventude para aderirem a este plano com disciplina, consciência e colaboração para lutarmos contra esta situação extrema.”

A seca que atinge o país é causada pelos efeitos do fenômeno climático El Niño.

[Bloomberg]

Imagem do topo por Daniel