Aparentemente a Veoh Networks, empresa de vídeo online vagamente semelhante ao YouTube, "despediu sua força de trabalho ontem e deve pedir proteção contra falência" nos EUA.

O site estava bloqueado no Brasil desde junho de 2008, mas é triste ver sumir a concorrência no ramo de vídeos online. Mais triste ainda é ver cerca de 67,5 milhões de dólares em capital de risco evaporarem no ar. [peHUB]