Quando o Luna funciona, ele lida com os jogos tão facilmente quanto um computador local. Essa é uma surpresa agradável para alguém como eu, que geralmente é cética em relação às plataformas de jogos em nuvem, mas passou a adotá-las recentemente. Depois de muitas e muitas horas jogando em outras plataformas como GeForce Now, Shadow e Stadia, e vendo como eles lidam bem com os jogos na nuvem, eu estava um pouco mais esperançosa com o Luna.

Há muitas coisas neste serviço incipiente de jogos em nuvem que adoro, como o controle, mas também algumas coisas que não gosto muito, como desempenho de rede: um dos principais pilares de qualquer plataforma de jogos em nuvem de sucesso. O Luna tem um longo caminho a percorrer antes que alguém se sinta 100% convencido em gastar qualquer quantia no serviço. Acho que a Amazon pode ter apressado um pouco o beta, quando poderia ter esperado para aprender com os erros do Stadia.

O Luna ainda está em um beta limitado, então eu esperava que houvesse algumas falhas aqui e ali, mas não tantas como encontrei. Como o Luna está disponível apenas para um número seleto de usuários no momento, não vou mergulhar em testes de latência ou qualquer coisa assim até que ele seja totalmente lançado. Mas já passei muito tempo com o Luna para dizer que ele tem o potencial de ser outra boa opção para quem deseja abandonar seu PC ou console de jogos. Desde que o sistema possa corrigir os problemas de rede que o prejudicam.

Espero que a Amazon não mude muito o controle Luna em si porque é fantástico. Não sou do tipo que me apaixona por um controle porque geralmente ele é projetado para mãos maiores, mas fiquei agradavelmente surpresa com o quão confortável o Luna era em minhas mãos. Os botões e analógicos são dispostos como um controle de Xbox, mas seu tamanho geral é menor. Eu era capaz de envolver meus dedos em volta da parte inferior e meus polegares e indicadores não pareciam estar esticando demais para alcançar todos os botões. Sinceramente, é o melhor controle que já segurei.

Como todo controle, os botões em si são resistentes e emitem um clique firme, mas suave quando você pressiona. Os detalhes roxos ao redor da parte inferior dos analógicos também são um bom toque de cor contra todo aquele preto liso. Comparado ao controle Stadia do Google, é muito mais atraente. (Subjetivamente, o roxo é uma cor melhor do que o laranja.)

Ao contrário do Stadia quando foi lançado pela primeira vez, o Bluetooth é habilitado no controle Luna fora da caixa, embora você provavelmente precise instalar o driver em seu PC ou Mac antes de poder usá-lo. Configurar o controle com FireTV ou em seu telefone é muito mais fácil porque não há outros downloads extras necessários além do aplicativo Luna e, uma vez que você liga o acessório, ele é conectado instantaneamente. Você também pode usá-lo para navegar por todos os outros aplicativos incluídos no FireTV, o que é um benefício extra.

Como o Luna ainda está em beta, não há opção de compartilhar capturas de tela (embora você possa vincular sua conta à conta do Twitch e transmitir diretamente para ela), e a única configuração possível é 1080p e som “automático”. Nada de resolução 4K ou som surround 5.1 ou 7.1. Imagino que esses recursos estarão disponíveis no futuro por uma taxa adicional. Para obter resolução 4K no Stadia, você precisa ter uma conta Pro de US$ 10/mês, caso contrário, você está limitado a 1080p ou menos. É totalmente plausível que a Amazon possa fazer algo semelhante com o Luna.

Como o GeForce Now, o Luna tem aplicativos independentes para PC e macOS, bem como suporte para iOS na web. Você também pode usá-lo diretamente no navegador Chrome. A única coisa que ele não tem no momento que seus concorrentes têm é a funcionalidade do Android, o que é uma pena, porque eu gostaria de ver como ele funcionava no meu telefone, e não apenas no meu PC e MacBook Air.

Tudo isso finalmente me traz à parte da performance: como é jogar no Amazon Luna? Bem…jogar durante as horas da manhã, tarde e noite foi interessante – e por interessante quero dizer que provavelmente é melhor o Luna permanecer em beta por um tempo. Ainda há muitos problemas a serem resolvidos. Comparado a como o GeForce Now e o Stadia são executados no meu PC e MacBook Air, que é quase perfeito, encontrei muito mais problemas na imagem, lag, som distorcido, tempos de carregamento mais longos e falta de resposta aos meus comandos – mesmo com uma velocidade de download super rápida. Mas as coisas ficam ainda mais estranhas.

Cada vez que eu colocava um jogo no Luna, minha velocidade de internet despencava. Onde geralmente obtenho pelo menos 200 Mbps em um wi-fi de 5.0 GHz, esse número caía para 100 Mbps ou menos segundos após a inicialização de um jogo. Isso é algo que nunca experimentei com o GeForce Now e o Stadia. Mas 100 Mbps ainda deve ser mais do que suficiente para rodar jogos no Luna sem problemas, certo? Especialmente porque a Amazon diz que a velocidade mínima recomendada é de 10 Mbps?

Na verdade, não.

Mudar para outro computador mais próximo do meu roteador (quase literalmente ao lado do meu roteador) ajudou a aliviar alguns dos problemas que eu estava enfrentando. Não os eliminou completamente, mas tornou os jogos jogáveis. (Apenas mudar para uma conexão Ethernet fez com que o Luna funcionasse perfeitamente.) O gameplay do GeForce Now e Stadia deste computador era o mesmo do meu PC na outra sala, então isso é provavelmente mais um problema de rede por parte da Amazon.

O Luna pode consumir muitos dados agora, causando saturação da largura de banda, quando toda a largura de banda disponível em uma determinada direção é utilizada por um grande upload ou download. (Muitos usuários do GeForce Now experimentaram problemas semelhantes alguns anos antes de seu lançamento oficial.) Isso explicaria todos os problemas que tive ao tentar usar o Luna em um PC específico.

Os jogos em nuvem são naturalmente ávidos por dados de qualquer maneira, podendo consumir até 10 GB por hora a 1080p, dependendo do jogo. É possível que os jogos no Luna estejam usando mais dados do que o normal. Ainda bem que não tenho um limite de dados! Você definitivamente deveria esperar até que o beta resolva o problema.

Eu tive os mesmos problemas de lag com meu FireTV stick de 3ª geração, embora não tão graves. Mas sempre que a conexão caía, a conexão com o controlador Luna também era perdida. O Luna dizia que reconectou o controlador à nuvem, mas meu personagem não se movia de jeito nenhum na tela e eu não conseguia nem abrir uma tela de pausa. Tive que voltar atrás no aplicativo Luna com o botão home no controle remoto FireTV e basicamente reiniciar o jogo.

Os problemas que tenho agora com o Luna são irritantes, mas principalmente porque esta não é a primeira, nem a segunda, plataforma de jogos em nuvem a ser lançada, e você pensaria que a Amazon teria aprendido com os erros dos outros. Deixando de lado um péssimo lançamento de beta, estou realmente empolgada com o Luna.

Estou preocupada com o preço da assinatura após o lançamento oficial, já que o valor de US$ 6 por mês não está definido, mas contanto que não seja mais caro do que o Stadia ou mesmo o Xbox Game Pass Ultimate, ele tem uma grande chance de reter usuários devido ao seu modelo de assinatura de canal. A consistência do desempenho precisa absolutamente ser tratada primeiro, pois suspeito que a maioria dos usuários gostaria de jogar o Luna sem fio e com um controle em vez de em seu PC via Ethernet.

Mas se Luna conseguir aumentar sua biblioteca pelo menos ao equivalente do Stadia e implementar um recurso de compartilhamento de captura de tela, ele tem uma boa chance de atrair usuários duradouros mais rápido do que o Stadia.