O que parece ser uma nova versão do Model S da Tesla foi recentemente avistado cruzando Palo Alto, Califórnia, apenas algumas semanas após a empresa interromper suas linhas de produção do veículo.

O Kilowatts, um canal do YouTube focado em veículos movidos a eletricidade, postou um vídeo na sexta-feira (1) do que parece ser um Model S com uma aparência atualizada vagando perto da sede da empresa no mesmo dia. Este design inédito aparenta ter um corpo mais largo do que o Model S tradicional, faróis e rodas atualizados, um novo difusor traseiro e um para-choque mais acentuado.

Claro, tudo isso é apenas especulação. Você pode conferir no vídeo abaixo, que mostra algumas imagens da câmera de um veículo e algumas fotos do carro.

Não está claro se este veículo misterioso, que foi visto com placa de experiência (utilizada por fabricantes para possibilitar testes em via pública), é uma versão atualizada do Model S ou possivelmente um protótipo do próximo Model S Plaid, uma variante de alto desempenho do carro-chefe da Tesla. A empresa disse que planeja lançar o Model S Plaid em algum momento este ano com um preço inicial de cerca de US$ 140.000.

Também não está claro se a Tesla incorporou quaisquer mudanças internas ao design visto pela equipe do Kilowatts. Mas mesmo sem mudanças funcionais, um Model S redesenhado certamente poderia despertar entusiasmo para o modelo topo de linha da Tesla. E com a empresa quase deixando de atingir sua meta de fabricar e entregar meio milhão de carros em 2020, faria sentido ela começar a correr este ano com uma reformulação totalmente nova.

Esse redesign poderia ser parte do motivo pelo qual a Tesla encerrou abruptamente a fabricação de suas linhas Model S e Model X recentemente? De acordo com um e-mail analisado pela CNBC, a empresa notificou seus funcionários no mês passado que as linhas de produção para esses modelos seriam interrompidas de 24 de dezembro a 11 de janeiro em sua fábrica de Fremont, na Califórnia.

Embora os motivos para o encerramento dessas linhas sejam desconhecidos, talvez uma renovação da fábrica para produzir o novo modelo possa ser a causa. A CNBC especulou na época que a demanda por carros Model S e Model X pode ter sofrido um forte impacto devido a um recente recall de quase 50.000 desses veículos na China por causa de suspensões potencialmente defeituosas e que poderiam colocar a segurança dos passageiros e motoristas em risco. A Tesla também estendeu a garantia e começou a reembolsar os proprietários desses modelos mais antigos depois que ambas as linhas começaram a ter problemas técnicos.

O CEO Elon Musk não falou publicamente sobre o encerramento temporário, então tudo não passa de especulação por enquanto. A Tesla não respondeu imediatamente ao pedido do Gizmodo para comentar e vamos atualizar este post com a resposta da empresa, embora, como ela dissolveu sua equipe de relações públicas em outubro, isso possa demorar um pouco.

No entanto, Musk postou um tuíte no sábado elogiando as vendas recorde da Tesla no último ano. Em um comunicado à imprensa no fim de semana, a empresa disse que fabricou 509.737 veículos em 2020, um aumento de aproximadamente 40% em relação a 2019, e entregou 499.550 veículos. Isso representa 450 unidades abaixo da meta de entregar meio milhão de carros no ano, mas ainda assim é um marco impressionante diante do cenário econômico de 2020.

“Estou muito orgulhoso da equipe Tesla por alcançar este marco importante! No início da Tesla, pensei que tínhamos (de forma otimista) uma chance de sobreviver de 10%”, escreveu Musk.