Se a Volvo teve que apelar para Van Damme a fim de vender mais caminhões, a Hyundai aposta nesta demonstração maluca de carros dirigindo sozinhos para anunciar seus veículos.

Um grupo de dublês salta do teto de carros em movimento, deixando-os se conduzir por conta própria. É impressionante ver os carros andando e freando sem motorista:

A ideia é mostrar como funcionam três tecnologias do Genesis 2015:

– o “cruise control”, que ajusta a velocidade do carro automaticamente, baseado na distância entre ele e o veículo à frente. A Hyundai diz que ele pode até “parar totalmente e depois voltar a andar sem intervenção do motorista”;

– o sistema de freio automático, que usa sensores (câmera e radar) para medir a distância e velocidade do carro à frente, e consegue parar automaticamente se uma colisão for iminente;

– o sistema LKAS, que mantém o veículo automaticamente na pista caso ele esteja saindo da faixa.

A fabricante lembra, no entanto, que tudo isso foi pensado para ser usado apenas em rodovias, e nunca em condições de trânsito pesado ou tempo ruim (chuva, por exemplo). Todos servem apenas para auxiliar – e não substituir – a direção defensiva.

Essas tecnologias já existem há algum tempo em outros veículos, mas é a primeira vez que vemos uma demonstração tão audaciosa de como elas funcionam. Talvez seja o primeiro passo para carros totalmente autônomos, como os do Google.