Dê um passo atrás e pense no quão grande, pequeno, desigual, inexplicável e surpreendente o mundo é ao ser explicado em termos numéricos que não entram bem na sua cabeça.

• Se vivermos mais um bilhão de anos, muita coisa maluca vai acontecer
• Estes são os lugares mais difíceis de se viajar no mundo

Um dos canais mais interessantes e confiáveis do YouTube, o RealLifeLore, mergulhou em alguns números que definem o nosso plano e fez uma visualização sobre como a população é dividida, em diversos tópicos.

Sob o cenário hipotético de uma população mundial de apenas 100 pessoas, 14 delas iriam entender mandarim e 13 falariam inglês. Uma taxa gritante de 40 pessoas não teria acesso a saneamento básico. E uma pessoa estaria morrendo de fome. Ao colocar os números dessa maneira, eles não parecem tão irracionais. E aí você percebe que, na verdade, isso significa que existem 70 milhões de pessoas morrendo de fome. É uma vergonha.

As estatísticas envolvendo tecnologias são doidas. 80 pessoas possuem um celular. 42 têm acesso a internet. Dessas 42 pessoas, 26 têm um perfil no Facebook, 17 possuem uma conta no YouTube e quatro estão tweetando pelo menos uma vez por mês.

Eu poderia continuar mostrando esses números por aqui, mas se eu tiver que digitar as estatísticas da desigualdade de riqueza eu terei um colapso nervoso. Então, dê uma olhada você mesmo no vídeo, que tem legendas em português:

[RealLifeLore]