Um avião militar com 21 pessoas se perdeu no meio do mar chileno durante o último final de semana. Ele desapareceu do radar e as autoridades não tinham ideia de onde ele tinha caído. Surpreendentemente, eles conseguiram encontrar os corpos graças ao Find My iPhone, da Apple. Os corpos do avião CASA 212 da Força Aérea Chilena foram encontrados boiando próximos à Tierra Banca e à Playa Larga, em uma zona entre as ilhas de Robinson Crusoé e Santa Clara, e próximo ao aeroporto Juan Fernández.

O local do acidente foi localizado graças a um dos parentes de uma das vítimas. A vítima tinha um iPhone ligado no momento da queda. Provavelmente em um ato desesperado, os parentes ativaram a habilidade Find My iPhone que a Apple oferece para aparelhos com iOS. O smartphone apareceu no mapa no computador, de acordo com um dos oficiais militares encarregados da operação de busca:

Um dos passageiros carregava [um iPhone]. Quando ele caiu no mar, ele foi localizado por um dos parentes, que nos enviaram as informações.

É surpreendente pensar que o iPhone sobreviveu ao impacto e continuou funcionando, principalmente porque o acidente foi bem destrutivo, segundo os militares:

Nenhuma das peças recuperadas até então tem mais de 50 centímetros, o que confirma que o avião sofreu uma fragmentação alta [no impacto]

As equipes de busca — as da foto acima — estão tentando agora recuperar os corpos do fundo do mar usando dois robôs Proteus 1000, mas as condições climáticas são extremamente ruins. Mergulhadores militares retomarão as buscas assim que o tempo melhorar, mas quatro corpos já foram encontrados. [Infobae — obrigado, Fran Velazquez!]