Ficamos de olho nos textos do Gizmodo US que possam ser relevantes para o público brasileiro e este post do novo editor chamou a atenção: a Apple lançou um cabo Thunderbolt 3 Pro por US$ 129, preço salgado até para os padrões americanos, mas que para o autor não é algo “completamente maluco”.

Pois bem, a gente foi ver quanto o acessório custaria em terras brasileiras. A Apple basicamente colocou um nove no final: R$ 1.299, o que dá aproximadamente R$ 6,50 por centímetro. É, um cabo de dois metros que custa mais de mil reais.

O texto do Giz US justifica o preço afirmando que é um cabo trançado, com um acabamento diferenciado que não enrosca. O autor continua dizendo que é um cabo grande, de 2 metros, que pode ser utilizado para conectar um MacBook Pro a um monitor Pro Display XDR ou qualquer outro periférico que exija muita capacidade de transferência.

O cabo é compatível com DisplayPort e USB 3.1 e atinge uma velocidade de até 40 Gbps em transferência de dados, mesmo sendo comprido. É tecnologia de ponta mesmo e mesmo que seja um preço exagerado na gringa, há quem veja utilidade.

Para um Brasil com dólar na casa dos R$ 5, parece loucura. Pelo menos, se você pagar à vista ainda tem um descontinho de 10%, sai por R$ 1.169,10.

Se quiser economizar, o cabo menor de 0,8 metro sai por R$ 269 e tem ainda a opção de 2 metros da Belkin, também vendida na Apple Store, sai por R$ 589.

O finalzinho do texto do Giz US é ótimo: Por fim, por ser tão longo, você pode facilmente e ostensivamente usá-lo como um chicote em seu escritório, como um Indiana Jones, mostrando a todos que você possui um longo e mortal cordão de dados puros. Baita utilidade, não?