De acordo com o último relatório sobre a Microsoft feito por Walter Pritchard, analista do Citi, a empresa de Redmond ganha lucra cinco vezes mais com o Android do que com o Windows Phone. Alguém, por favor, recolha meu queixo do chão.

Entenda como a magia acontece: em abril de 2010, a Microsoft entrou com uma ação contra a HTC por quebra de propriedade intelectual. No acordo, a HTC concordou em pagar a Ballmer e sua turma o equivalente a US$5 por Android vendido pela empresa. O Citi diz que a HTC vendeu 30 milhões de aparelhos, adicionando 150 milhões de dólares verdinhos na conta já abarrotada da Microsoft.

Nesse meio tempo, a Microsoft vendeu 2 milhões de licenças do Windows Phone, o que rendeu à empresa 30 milhões de dólares — utilizando uma cobrança média de licença de 15 dólares por casa Windows Phone vendido.

E tem mais. Não é só pela HTC que a Microsoft ganha dinheiro com Androids: a empresa também processou outras fabricantes que investem no sistema do Google. E se a HTC preferiu fazer um acordo, pode apostar que outros acordos desse tipo podem ou vão existir. Segundo o Citi, os valores podem variar de US$7,50 a US$12,50 por aparelho Android vendido.

Então não importa o que pensemos, eles estão ganhando. Muito. E, para completar, o Windows Phone 7 Mango só deve ajudá-los a engordar mais a poupança. [Asymco]