Na guerra entre o Homem e a Máquina, gatinhos são uma interrogação quanto à sua fidelidade.

Por um lado, gatinhos são formas orgânicas de vida, presumivelmente leais a outras formas orgânicas de vida. Por outro lado, gatinhos crescem dentro de gatos. E, por milhares de anos, gatos têm se recusado a seguir o código humano.

O que eu postulo é um futuro no qual há uma espécie de trifeta bélica. Será Homem vs. Máquina vs. Gatinhos. E como mo mundo felino provando ser um curinga insano, qualquer coisa pode acontecer….se bem que, nas palavras imortais de John Connor, o resultado provavelmente será que “Estamos mortos!! Estamos todos mortos!! Por causa de gatinhos!!!”. [Cute Overload]

Máquinas de Comportamento Mortal: uma semana explorando a relação às vezes difícil entre homem e tecnologia.