Poucos meses pós lançar uma função de mensagens que se autodestroem após sete dias, o WhatsApp agora está testando um recurso similar, só que bem mais próximo ao que já acontece no Messenger e Instagram: mídias e arquivos de “visualização única”, o que significa que eles só poderão ser vistos uma vez.

A funcionalidade começou a ser liberada nesta quarta-feira (30) para alguns usuários da versão beta do WhatsApp no Android — por enquanto, sem previsão de lançamento no iOS. Segundo o site WABetaInfo, que divulga com antecedência novidades ainda em fase de testes no serviço, ao enviar uma foto ou vídeo habilitado nessa visualização única, eles ficam indisponíveis no momento que o destinatário abrir os arquivos.

Para saber se você já tem acesso ao recurso no Android é simples: ao abrir uma conversa, verifique se no campo aonde você digita a mensagem, bem à direita (ao lado do botão de Enviar), aparece um ícone com o número 1. É nesse botão que você deve tocar, logo após selecionar os arquivos, caso queira que a pessoa da conversa só os visualize uma vez.

Imagem: WABetaInfo

No entanto, vale ressaltar que o envio de “visualização única”, nesta fase beta, chega com algumas ressalvas. Primeiro, se você desabilitar o “visto por último” (que deixa o visto em azul) nas mensagens, você não saberá quando alguém abriu o arquivo enviado. Isso se aplica apenas a conversas individuais; em grupos, você poderá visualizar quais membros abriram os conteúdos, inclusive de contatos que você eventualmente tenha bloqueado.

Em segundo lugar, os usuários que receberem seus arquivos poderão baixá-los ou tirar um print sem que você seja alertado. É uma proposta diferente do que acontece nas mensagens autodestrutivas do Instagram, que faz o papel de dedo duro quando alguém faz uma captura de tela de uma imagem ou vídeo que você enviou em conversas privadas.

Assine a newsletter do Gizmodo

Com esse recurso, tudo leva a crer que o WhatsApp está mais perto de uma integração ainda maior com outros serviços do Facebook, já que a mesma função está presente no Instagram, Messenger e no próprio Facebook. Inclusive, estes dois primeiros ganharam recentemente uma ferramenta que permite trocar mensagens de um aplicativo e responder no outro, e vice-versa. Portanto, pode ser que o WhatsApp seja o próximo a entrar nessa lista.

[WABetaInfo]