O WhatsApp já vinha ensaiando uma limitação para mensagens encaminhadas desde julho do ano passado, mas ainda permitia compartilhar rapidamente um mesmo conteúdo para até 20 pessoas ou grupos. Agora, o encaminhamento só poderá ser feito para até cinco conversas.

A medida já vinha sendo testada em alguns países, como a Índia. Por lá, casos de linchamentos a partir de boatos espalhados pelo aplicativo de mensagens começaram a se tornar frequentes. De acordo com reportagens do New York Times, 24 pessoas foram assassinadas no país em decorrência do compartilhamento de rumores — geralmente, boa parte das vítimas fatais foi alvo de linchamento público por supostamente serem sequestradoras de crianças.

Em um evento em Jacarta, capital da Indonésia, a vice-presidente de políticas e comunicação do WhatsApp, Victoria Grand, anunciou a expansão para a limitação. “Estamos impondo um limite de cinco mensagens para o mundo todo a partir de hoje”, disse.

A partir desta segunda-feira (21), usuários receberão a atualização com o novo limite. Essa é uma tentativa de conter o uso do WhatsApp para o compartilhamento de boatos e notícias falsas.

Ainda é possível enviar uma mesma mensagem para até 250 pessoas, por meio do recurso de “Lista de Transmissão”. Para fazer isso, no entanto, é preciso que as 250 pessoas estejam em sua lista de contatos – e não funciona com grupos.

[Reuters]