Dezenas de milhares de páginas da Wikipedia amanheceram nesta segunda-feira (16) com imagens gigantescas de suásticas em preto e branco em um fundo vermelho — um dos símbolos do nazismo. O vandalismo no template do site foi revertido minutos após ser notado por alguns usuários, além da escritora Ann Colter. As páginas mais atingidas foram de celebridades, escritores e figuras públicas.

Foi constatado que, em vez de direcionar o conteúdo de qualquer página da Wikipedia em particular, o hacker por trás do acontecimento teve como alvo um template de artigo específico usado por mais de 50 mil páginas diferentes da Wikipedia. Entre elas estavam os descritivos do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, da cantora Jennifer Lopez e do autor do Discworld, Terry Pratchett.

De acordo com uma discussão em andamento em um dos fóruns públicos da Wikipedia, que inclusive tem participação de administradores do site, o erro já foi corrigido. O vândalo em questão, que entrou no site há cerca de dez dias, foi proibido de editar artigos da plataforma por tempo indeterminado. Um administrador observou que, ao direcionar esses templates de artigo, o usuário foi capaz de contornar as proteções típicas colocadas em certas páginas da Wikipedia para protegê-las de pessoas mal-intencionadas.

Um porta-voz da Fundação Wikimedia, que controla a Wikipedia, disse ao Gizmodo US que a “ação particularmente vil” é “inaceitável” e “viola uma série de políticas da Wikipedia”. “Os administradores voluntários já consertaram o vandalismo, bloquearam a conta responsável e avaliarão a situação para ver se há necessidade de recurso adicional. Ao longo dos anos, várias ferramentas e processos foram desenvolvidos para detectar e reverter rapidamente atividades indevidas na plataforma. A maior parte delas é corrigida em cinco minutos”, completou.

Moderadores afirmam que falta mais segurança

Quando se trata de proteger palavras e imagens em uma página, o exército de administradores da Wikipedia é muito rápido na hora de agir. Por outro lado, a necessidade de proteger templates parece ter passado batida pelos moderadores. De acordo com um deles, depois de colocar proteções em um template separado e que era usado com frequência, um usuário da Wikipedia revogou essas proteções, alegando que o template em questão não era popular o suficiente para merecer aquela proteção específica.

Só que, depois desse último ataque que lotou milhares de páginas com suásticas nazistas, muitos administradores da Wikipedia estão mudando de opinião. “Eu não sabia que os templates usados ​​em milhares de páginas estavam sem proteção. Algo que pode vandalizar 53 mil páginas de uma vez parece uma grande lacuna na segurança”, comentou um dos moderadores.

Assine a newsletter do Gizmodo

Ainda segundo o tópico em andamento no fórum da Wikipedia, os administradores interviram para proteger os templates que são usados ​​em milhares de páginas. Outro administrador observou que, embora a “grande maioria” desses templates seja protegida assim que ganhar popularidade, muitos deles escapam à segurança da plataforma.