Após anos de especulação sobre futuros possíveis em seus livros, William Gibson, o autor de Neuromancer, testou recentemente uma coisa recém-saída da ficção científica. No SXSW, ele colocou um headset Gear VR na cabeça pela primeira vez.

De acordo com o tweet que registrou o momento, o autor de ficção ciêntifica de 67 anos proclamou “eles conseguiram!”. O que eles fizeram?

Eu perguntei a Ari Kushcnir, que está na foto acima colocando o equipamento de realidade virtual na cabeça de Gibson. Kuschnir é produtor-executivo da produtora novaiorquina m ss ng p eces. Ele demonstrou para Gibson um par de simulações de realidade virtual, incluindo um vídeo imersivo em 360 graus feito por sua empresa para a cerveja Dos Equis. No vídeo, você é transportado para um baile de máscaras na mansão d’O Homem mais Interessante do Mundo. Você se senta lá por alguns minutos, enquanto a sala se enche de gente exótica fantasiada.

Não foram todas as propagandas, graças a Deus. Gibson também viu uma simulação chamada Strangers feita pelo Felix and Paul Studios. O curta de realidade virtual de cinco minutos leva você para um momento de intimidade no loft do músico Patrick Watson. Eu não vi, mas foi selecionado para Sundance e os críticos adoraram.

Segundo Kuschnir, Gibson “nunca tinha visto a realidade virtual em ação ao vivo e ele surtou”. Ok, a realidade virtual ainda tem um longo caminho até chegar nos tipos de experiências loucas que sonhamos há décadas. Mas para um aluno do futuro como Gibson, não é de se estranhar que ele tenha ficado um pouco deslumbrado.

Imagem via Twitter