Se você faz backup do seu computador, provavelmente não usa a ferramenta embutida no Windows. A Microsoft quer mudar isso no Windows 8 com o Histórico de Arquivos. Mas será que consegue?

No cenário ideal, você pluga seu drive externo, surgem as opções abaixo e você escolhe “Histórico de Arquivos”. Na janela que surge, clique em “Ligar” e pronto: de hora em hora, o Windows vai guardar alterações nas suas bibliotecas – músicas, fotos, vídeos etc. – além da área de trabalho e Skydrive.

Ao recuperar os arquivos, você pode escolher uma pasta inteira ou arquivos individuais. Mas o acesso poderia ser mais intuitivo: o “Histórico” fica escondido entre os botões do ribbon.

O Histórico de Arquivos até que é esperto. Por exemplo, se você desconecta o drive externo, ele não emite um alerta “FALHA DE BACKUP” ou coisa assim: ele apenas guarda o backup no próprio PC; e quando você ligar o drive de novo, grava tudo nele. Mas o Histórico não é tão esperto assim: no meu laptop, ele começou a fazer backup de 200GB num pendrive com 1GB de espaço disponível.

Além disso, a ferramenta oferece poucas opções: você pode impedir o backup de certas pastas, mas não pode acrescentar pastas, por exemplo. E, se não aparecer a caixa de diálogo abaixo, é um processo desajeitado ativar o Histórico, como mostra o vídeo acima. Será que, com o Histórico de Arquivos, veremos mais usuários do Windows fazendo backup offline? [Building Windows 8 via The Verge]

Histórico de Arquivos no Windows 8