A Microsoft anunciou que o Windows 8.1 chegou ao status de RTM. Isso significa que ele está pronto: não há mais nada a ser feito, corrigido, alterado nem nada. Mas ainda precisamos esperar, já que seu lançamento oficial será só no dia 17 de outubro.

A fase RTM significa que o Windows 8.1 está sendo enviado a parceiros OEM da Microsoft. Fabricantes de computadores, principalmente, que agora vão preparar aparelhos para chegarem às lojas já com o sistema pré-instalado. Elas terão pouco mais de um mês de meio para conferir compatibilidades de drivers e até adicionar aquele monte de bloatware que acompanha PCs novos.

Mas há uma diferença na distribuição do 8.1 para a do 8 (e de versões anteriores do Windows): desta vez apenas OEMs terão acesso ao Windows 8.1 antes do lançamento oficial. Até ano passado, a Microsoft também liberava o sistema operacional para assinantes do MSDN e TechNet, mas desta vez esses usuários precisarão esperar até outubro para instalar o SO. O motivo? Segundo a Microsoft, “os tempos mudaram”.

Para quem já tem o Windows 8 instalado, a atualização será gratuita a partir da manhã do dia 17 de outubro no horário de Brasília. Quem comprar um computador, tablet ou híbrido novo já poderá escolher um com o Windows 8.1 Falta agora a Microsoft citar os preços para quem quiser comprar apenas o sistema operacional para instalar na máquina que já tem.

O Windows 8.1 muda algumas pequenas coisas em relação ao Windows 8. É uma tentativa da Microsoft adaptar o sistema operacional seguindo o feedback dos seus usuários pouco menos de um ano depois do lançamento do Windows 8 – que foi liberado no dia 26 de outubro de 2012. [Microsoft, WindowsITPro]