A Microsoft ainda não quer sair dos holofotes e vai realizar outro evento para revelar algo grande, hoje mesmo às 13h (horário de Brasília). A empresa vai a San Francisco (EUA) para uma conferência de desenvolvedores que promete várias surpresas. Vejamos quais.

Na conferência, a Microsoft deve apresentar o Windows Phone 8. Eis o que sabemos, e o que os rumores apontam:

  • Processadores com mais de um núcleo: até então, o Windows Phone só tinha suporte a CPUs de um núcleo. Isso deve mudar com o Apollo (codinome do Windows Phone 8), e faz sentido anunciar a mudança neste evento para desenvolvedores: afinal, eles poderão adaptar seus apps para aproveitar os núcleos a mais.
  • Telas HD: o Windows Phone 8 deve ter suporte a quatro resoluções de tela, e pelo menos uma delas deve ser superior aos 480×800 presentes em todo WP lançado até hoje.
  • Cartão de memória: o WP8 agora deve permitir que os smartphones com o sistema tenham entrada para cartão microSD.
  • Skype: se hoje o Skype ainda nem funciona em segundo plano, no Apollo ele deve vir integrado ao sistema, assim como as redes sociais.
  • Câmera: o Windows Phone 8 deve permitir personalizações no app de câmera, a fim de incluir funções como um modo sequencial ou detecção de sorriso.
  • Suporte a NFC: além de pagamentos, os aparelhos com Windows Phone 8 devem ter a função de compartilhar conteúdo apenas encostando-os em outros dispositivos, como tablets ou smartphones.
  • Integração com Windows 8: o Windows Phone já se integra ao Windows 8 através da nuvem (contatos, Skydrive, Xbox). Isso deve se aprofundar com o Apollo: o cliente para desktop deve ser substituído por um app nativo.
  • Navegador: o Internet Explorer 10 deve fazer como o Opera Mini e comprimir páginas da web para usar menos do seu pacote de dados. Esta função será embutida, mas provavelmente poderá ser desligada.
  • Consumo de bateria e dados: o WP8 pode ganhar uma ferramenta embutida no sistema para monitorar o consumo de energia e dados.
  • Base do OS será a mesma do Windows 8: o WP ainda é baseado na plataforma Windows CE, criada para competir com a Palm nos anos dourados dos PDAs. Agora que a Palm nem existe mais, faz sentido mudar a base para o Windows NT, mesma do Windows 8. A Microsoft garante que os apps criados até hoje para WP serão compatíveis com o Apollo.
  • Apps Metro do PC no celular: se a base do OS for a mesma, será possível usar boa parte do código ao portar apps Metro do Windows 8 para Windows Phone 8.

Claro, sempre há a possibilidade do evento mostrar apenas uma nova ferramenta para desenvolvedores, feita para Windows Phone 8 – mas queremos muito ver as novidades do Apollo.

Vamos acrescentar mais durante o dia, à medida que se aproxima o grande evento, hoje às 13h (horário de Brasília). Fique ligado. [CNET via AppleInsiderPocketNowAllThingsD]

Imagem via Engadget