Novos usuários de Windows Phone devem ficar sem acesso a seus contatos e calendários do Google: após 30 de janeiro, contas recém-conectadas ao sistema não vão mais funcionar com o Exchange ActiveSync. Nós já sabíamos sobre isso desde dezembro, o que aparentemente pegou a Microsoft de “surpresa”.

Mas não se preocupe: fontes dizem ao The Verge que a Microsoft está trabalhando para lançar uma atualização para o Windows Phone que irá adicionar suporte aos protocolos CardDAV e CalDAV, usados pelo Google. No entanto, isso pode demorar até seis meses.

Com esses protocolos, o Google não precisa pagar taxas de licenciamento para a Microsoft a fim de usar o ActiveSync.

As fontes também afirmam que a Microsoft foi avisada pelo Google com certa antecedência – por volta de setembro – que o suporte ao ActiveSync seria cortado. Nessa época, o Windows Phone 8 estava sendo finalizado, e acrescentar suporte a DAV atrasaria seu lançamento.

O Google anunciou seus planos de forma pública no meio de dezembro, perto do recesso de final de ano – uma época menos que ideal para criar soluções de software às pressas.

Por isso, segundo as fontes do The Verge, a Microsoft está pedindo ao Google que espere mais seis meses antes de remover o suporte a ActiveSync, a fim de garantir que a transição seja a melhor possível. No entanto, parece que o Google não está respondendo aos pedidos.

A rivalidade entre as duas aumentou recentemente de forma pública, com a gigante das buscas declarando que não pensa em desenvolver apps para Windows 8 ou Windows Phone por enquanto.

Mas o que tudo isso significa para você?

Quem começar a usar um Windows Phone após o dia 30 não conseguirá sincronizar o Google Calendar e detalhes de contatos, a menos que os migre para outros serviços – como o Outlook.com. As instruções para migrar os contatos estão aqui; para migrar o calendário, veja as instruções aqui. O suporte a Gmail (através de IMAP) continua normalmente para todos.

Para quem já usa o WP associado a alguma conta do Google, sem problemas: consumidores atuais não serão afetados pela mudança. (Só não pense em resetar seu aparelho do zero, porque isso vai remover o suporte ao ActiveSync.) Usuários que pagam pelo Google Apps também não terão qualquer problema.

Se você for afetado, o jeito é esperar pela solução da Microsoft, ou por um posicionamento do Google, ou migrar sua conta. [The Verge]