A Microsoft anunciou que o Xbox Series X será lançado com milhares de jogos compatíveis – indo desde o Xbox original – graças à retrocompatibilidade. E não é só isso: muitos desses games irão ganhar um aumento significativo de performance, de até 120 frames por segundo, além da adição do HDR. Alguns desses jogos antigos podem ter a resolução elevada para 4K também.

Admito que essas novidades me fazem reconsiderar se devo mesmo esperar um tempo até comprar a nova geração do console. Jogos antigos do Xbox que rodam melhor e ainda têm um visual mais bacana parece ser um ótimo negócio.

Há um porém: para jogar esses títulos em 4K e com uma taxa de atualização elevada, é preciso ter uma TV com um padrão recente do HDMI – além de ter o cabo correto.

O Xbox Series X terá suporte ao HDMI 2.1, que permite rodar jogos a 4K e taxa de atualização de 120Hz, que permite chegar a 120fps (quadros por segundo).

Se sua TV já é capaz de fazer essas coisas, beleza. Infelizmente, a maioria das TVs fabricadas nos últimos anos e que estão disponíveis no mercado não possuem suporte ao HDMI 2.1 – o padrão é encontrado somente nos modelos mais caros e avançados.

Isso significa que se sua TV tem o padrão HDMI 2.0 ou inferior, será preciso investir em uma nova TV para aproveitar o máximo do que o Xbox Series X tem a oferecer.

O HDMI 2.1 foi anunciado em novembro de 2017, mas a maioria das TVs ainda possui o HDMI 2.0 – ou até mesmo o HDMI 1.4. Ambas as versões podem chegar a taxas de atualização de 120Hz e resolução 1080p (FullHD) – o que é suficiente para diversos games. Acontece que esses padrões mais antigos não lidam tão bem com jogos rodando em 4K e taxas de atualização maiores.

Além disso, o padrão 1.4 não suporta HDR, nem uma ampla gama de cores. Se você ainda estiver no padrão 1.4, já deve ter percebido que está perdendo algumas vantagens de qualidade de imagem há algum tempo.

Por outro lado, o HDMI 2.0 tem suporte ao HDR e uma ampla gama de cores, graças ao dobro da largura de banda no cabo. Mas como mencionei anteriormente, ainda não é possível chegar a 4K com taxas de atualização de 120Hz nesse padrão. É possível chegar a 60Hz, no máximo – o que será útil para os games que passarão de 30fps para 60fps, mas não para os games que rodam a 60fps e poderão chegar a 120fps.

Embora a taxa de atualização (Hz) e os quadros por segundo (fps) sejam coisas diferentes, elas estão ligadas. Uma TV com uma taxa de atualização menor do que o número de quadros por segundo irá limitar a exibição.

E tem mais um detalhe: nada disso importa se não tiver o cabo HDMI correto – e não é fácil descobrir qual o padrão do cabo que você já tem ou precisa comprar. O Gizmodo já falou sobre isso em detalhes, mas em vez de olhar para os números de resolução e taxa de atualização na descrição do produto, procure pela largura de banda do cabo. Um HDMI 2.0 terá uma largura de banda máxima de 18 Gbps, enquanto um HDMI 2.1 terá até 48 Gbps.

Se você quiser uma boa TV compatível com o padrão HDMI 2.1, prepare-se para gastar uma grana – talvez até um pouco mais do que o próprio Xbox Series X em si.

No mínimo, o hardware do Xbox Series X, particularmente o SSD NVME personalizado do console, tornará os tempos de carregamento muito mais rápidos para esses jogos mais antigos.

O Xbox também fará com que o recurso Quick Resume funcione com seus títulos mais antigos, compatíveis com versões anteriores.

A empresa ainda não disse quais jogos do passado estarão disponíveis no lançamento, e tenho certeza que essa será outra grande razão para algumas pessoas decidirem se querem pegar um Xbox Series X no lançamento.

Eu já comprei um console só para jogar um jogo específico antes, e se o Fable II estiver na lista de jogos compatíveis com versões anteriores que receberem um upgrade de performance, isso pode ser o suficiente para me atrair – não se eu tiver que comprar uma TV nova.