Uma novidade de software e uma novidade de hardware devem estar a caminho dos smartphones da Xiaomi. Uma delas é uma função que faz a câmera disparar várias fotos em sequência e escolhe a melhor delas automaticamente. A outra é um carregador superpotente de 120 W.

A novidade de fotografia foi encontrada pelo pessoal do XDA Developers em algumas referências do código das últimas versões beta da MIUI 12. A MIUI é o nome que a Xiaomi dá à sua versão do Android, que é bem modificada e bastante inspirada no iOS, da Apple. De acordo com partes do código analisadas, o sistema terá um recurso chamado AI Shutter, que escolhe o melhor momento quando o botão de captura é pressionado.

Se esse recurso parece familiar, não é por acaso. Ele lembra uma das muitas ferramentas de fotografia computacional da linha Pixel, do Google, que aposta bastante em software para conseguir boas imagens.

Desde o Pixel 3, os aparelhos contam com o Top Shot, que mostram uma linha do tempo com vários quadros capturados e sugerem o melhor deles. Isso é bem útil para acertar direitinho aquele momento em que todo mundo sorriu para a foto e ninguém piscou, por exemplo.

A Xiaomi já começou a liberar a MIUI 12 para alguns aparelhos, mas até agora nenhum deles recebeu o AI Shutter. Talvez fique para as próximas atualizações.

Outra novidade vinda da marca diz respeito a hardware: um carregador de 120 W. De acordo com o GSM Arena, o aparelho foi homologado pela 3C, agência chinesa que certifica segurança de diversos tipos de produtos. De acordo com os documentos, o código do modelo do adaptador é MDY-12-ED e ele tem 20 V e 6 A de limite.

Nós já ficamos bastante impressionados com o carregador de 45 W do Motorola One Hyper, então imagine o que esse de 120 W seria capaz de fazer.

Não é a primeira vez que ouvimos falar de um carregador superpotente da Xiaomi. No ano passado, uma demonstração com o presidente da empresa, Lin Bin, comparava um carregador de 100 W da marca com o carregador SuperVOOC, da Oppo, de 50 W. Os números mostrados pela Xiaomi eram promissores: carregar de 0% a 100% um smartphone com bateria de 4.000 mAh em apenas 17 minutos.

Esse adaptador, porém, nunca fui lançado, e a Xiaomi nunca mais falou sobre ele. O fato de o novo carregador de 120 W ter sido certificado dá perspectivas melhores para ele.

Por enquanto, porém, ainda não se sabe com qual aparelho Xiaomi ele viria. Como lembra o GSMArena, a marca já lançou seus smartphones de topo de linha deste ano, então pode ser que ele fique com um futuro aparelho da linha Mi Mix ou até mesmo não seja destinado a um celular, e sim a um notebook.