Todo ano é a mesma coisa. Eu vejo as atrações do Coachella, na Califórnia, e me decido: dessa vez vou arrumar uma grana e estarei lá! Com dezenas de bandas sensacionais, sempre o que está mais em alta no momento, o festival em Indio (sério, é o nome da cidade), perto dos cataventos gigantes, é o melhor lugar para quem gosta de música hoje no mundo. Ele começa em algumas horas, e novamente não consegui ir. Mas existe o Youtube. Eu amo você, Youtube.

Desde 2009, com uma apresentação ao vivo do U2, o Youtube transmite shows. Desde o ano passado, ele aumentou a sua programação com várias parcerias. Hoje, por exemplo, você tem a IGN transmitindo perguntas e respostas e demos de Gears of War 3.  No Brasil, o Youtube Live começou no fim do ano passado com Luan Santana. Eu sei. Eu também não.

Mas hoje, basta você se conectar a Youtube.com/coachella, pegar a programação e sintonizar em um dos 3 canais a partir das 8 da noite (os horários listados são no fuso do Pacífico, 4 horas para trás). Só no canal 1, hoje, temos The Drums, Cee-Lo Green, Interpol Kings of Leon e Black Keys. Amanhã tem The Kills, The Foals, Bright Eyes, Two Door cinema Club. Domingo Strokes, Chromeo, PJ Harvey, The National… É muita gente. Mesmo que você não conheça todos os nomes, vale dar uma sintonizada para ver o clima do festival e conhecer novos sons – não parece que vai ter bloqueio por regiões dessa vez. Hoje eu quero ouvir essa do Black Keys:

[Via Mashable]