Legion Phone Duel é um celular gamer da Motorola com bateria dupla e preço de R$ 7.200

Com foco no público gamer, smartphone traz ainda bateria dupla de 2.500 mAh cada, câmera retrátil e processador Snapdragon 865 Plus.

Imagens: Lenovo/Motorola

O Asus ROG Phone 3 ganhou um concorrente à altura no Brasil: o Lenovo Legion Phone Duel. Anunciado nesta quarta-feira (24) pela Motorola, o dispositivo tem foco específico no público gamer, o que significa que o dispositivo vem com um monte de firulas que você encontra em produtos desse nicho, como tela com altas taxas de atualização e luzes RGB na traseira. O preço sugerido é de R$ 7.200.

O Legion Phone Duel vem equipado com o processador Snapdragon 865 Plus, 12 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento. Ele segue a tendência de outras fabricantes em ofertar o produto com capacidade fixa, o que significa que não é possível expandir o espaço interno via cartão microSD. Felizmente, ele virá com um carregador de 45 Watts de potência incluso na caixa para dar conta de duas baterias de 2.500 mAh, que ficam deslocadas nas laterais. Isso, segundo a Motorola ajudam a dissipar o aquecimento do aparelho.

A tela frontal é um painel AMOLED de 6,65 polegadas Full HD+ (2.340 x 1.080 pixels de resolução) e taxa de atualização de 144 Hz, com suporte a HDR10+ e tempo de resposta de 1 ms. É sob o display que fica o leitor de impressões digitais óptico. Há ainda uma dupla de alto-falantes estéreo na parte frontal que, combinada com câmaras acústicas de 1,4 cc, aumenta a sensação de imersão durante o gameplay.

Só que o item mais curioso no Legion Phone Duel sem dúvida é seu design. A câmera frontal de 20 MP fica alocada em um módulo retrátil na parte traseira e pode ser ativada para que você grave a si mesmo enquanto joga uma partida. O dispositivo também conta com duas portas USB-C, sendo uma na parte inferior e outra na lateral. Esse é um formato comum para smartphones do tipo gamer, uma vez que permite a você jogar e carregar o aparelho sem que seus dedos esbarrem no fio de recarga. Não há entrada P2 para fone de ouvido.

Existem dois botões ultrassônicos em cada extremidade que são sensíveis à pressão e usados como gatilhos para controlar o jogo. O telefone conta ainda com dois motores de vibração, para auxiliar na detecção de movimento 3D, além de luzes LEDs na traseira porque né? É um celular gamer. Bem ao lado delas ficam duas câmeras: a principal tem 64 MP (com tecnologia Quad Pixel), podendo gravar vídeos em 4K a 30 fps, enquanto o segundo sensor é um híbrido de 16 MP com ultra-angular e macro.

Uma informação importante: o smartphone é compatível com 5G, mas ele ainda não está habilitado. De acordo com a Motorola, o produto terá suporte para as frequências que ainda serão licitadas no leilão da tecnologia, previsto para acontecer este ano. Ou seja, o 5G DSS que hoje já é disponibilizado pelas operadoras não funciona no dispositivo. Futuramente, quando as faixas do 5G forem arrematadas no leilão, a empresa vai desbloquear a compatibilidade no aparelho.

Por fim, a Motorola promete somente uma atualização do Android para o Legion Phone Duel que, de fábrica, roda o Android 10 adaptado à interface Lenovo ZUI – logo, ele ganhará suporte para o Android 11, que foi lançado em 2020. As vendas já começaram, e o celular pode ser adquirido nas cores Vengeance Red (vermelho) e Blazing Blue (azul).

Lenovo Legion Phone Duel – Ficha técnica:

Sair da versão mobile