Spotify aumenta preço do Premium no Brasil e cria miniplayer com Facebook

Apesar da alta do dólar, o ajuste parece acompanhar as mudanças de preço do Spotify na Europa, onde os valores subiram entre €1 e €3.

Foto: Martin Bureau/Getty Images

O Spotify vai aumentar o preço dos planos Premium nesta segunda-feira (26). Agora o plano individual passa a custar R$19,90 (antes era R$16,90), enquanto o Duo sai por R$24,90 (antes, R$21,90) e universitários passam a pagar R$9,90 (antes, R$8,50). Os novos valores passam a valer a partir de julho de 2021.

Apesar da alta do dólar, o ajuste parece acompanhar as mudanças de preço do Spotify na Europa, onde os valores subiram entre €1 e €3. Em email enviado aos consumidores, no entanto, a empresa diz que os novos preços são para ajudar a empresa a “continuar trazendo novos conteúdos e recursos para você curtir”.

É importante notar que o Spotify ainda não é uma empresa lucrativa e fechou o ano de 2020 com prejuízo líquido de €581 milhões (embora a receita tenha crescido para €7,8 bilhões). O valor de R$ 16,90 por mês era usado por praticamente todos os streamings no Brasil — resta saber se a concorrência também vai acompanhar esse movimento.

Spotify também fez parceria com Facebook

Nem todas as notícias sobre o Spotify são ruins para os consumidores. A empresa também anunciou que está implementando um miniplayer direto pelo aplicativo do Facebook dentro do iOS e Android. Desta forma, quando alguém compartilhar uma música na rede social, qualquer um com conta no Spotify poderá ouvi-la de forma nativa.

Além dos compartilhamentos do Spotify no feed de notícias do Facebook, a novidade irá possibilitar que fãs também possam reproduzir músicas via miniplayer, por meio de posts de artistas verificados selecionados ou até mesmo de vídeos publicados por usuários do Facebook que contém música licenciada.

Sair da versão mobile