Os hackers que invadiram os servidores da HBO e roubaram 1,5 TB de dados, incluindo pelo menos um roteiro de Game of Thrones, também roubaram dados de funcionários, de acordo com a Variety. Mais especificamente, os hackers estão com “milhares de documentos internos da Home Box Office (HBO)”. Isso é bem zoado.

• Alguém hackeou a HBO e está vazando informações de Game of Thrones
• Hackers fizeram uma arma que causa blecautes, e ela pode funcionar em qualquer lugar

Graças a um aviso de remoção por DMCA – a Lei dos Direitos Autorais do Milênio Digital, válida nos Estados Unidos – sabemos que o roubo cibernético não incluiu apenas informações secretas a respeito de séries, mas também informações sobre funcionários da HBO. Essa atualização é resultado de uma revelação feita por uma empresa de segurança que tinha como função prevenir que links para o conteúdo roubado aparecesse nos resultados de busca do Google. Da reportagem da Variety:

Os hackers aparentemente também vazaram informações pessoais de um executivo sênior da HBO. Essa informação, publicada na internet em um documento de texto, contém informações de acesso a dezenas de contas online, incluindo assinaturas pagas de jornais, dados de internet banking e serviços pessoais de saúde. Pelo menos uma dessas contas pode ser dado acesso ao email de trabalho do executivo. […]

Um arquivo de imagem publicado como parte dos vazamentos […] aparentemente mostram capturas de tela das ferramentas internas de administração da HBO, listando nomes de empregados, endereços de emails e suas funções dentro da organização.

Bem, isso é muito zoado. Essa revelação transforma a invasão à HBO muito pior do que aquela que a Sony sofreu em 2014, um incidente que levou ao vazamento de informações financeiros e detalhes de compras dos executivos da companhia na Amazon.

Inicialmente, parecia que a invasão à HBO era mais impactante pelo roubo e possível vazamento às informações relacionadas com a série Game of Thrones. Os ladrões supostamente liberaram também episódios inéditos de Ballers, Insecure, e Room 104, mas esses enredos dificilmente terão tanto impacto, se comparado com revelações da série baseada na obra de George R.R. Martin. Essa nova revelação, segundo a Variety, também inclui “dois episódios de ‘Barry’, a comédia estrelada por Bill Hader que está programada para ir ao ar apenas em 2018”.

Mas, sejamos honestos. Nenhum dos dados vazados sobre episódios podem ser tão graves quanto informações privadas de funcionários da HBO. Se os detalhes bancários de um dos executivos da HBO já foram liberados, existe uma boa chance de que os hackers tenham mais dados como esse. E francamente, a noção de ser uma informação tão sensível disponível na internet é algo que fará muito, muito mal para a HBO.

Por enquanto, pelo menos, parece que a HBO está trabalhando duro em conter a disseminação das informações vazadas. Links para o download dos dados roubados não chegaram a fóruns populares como o Reddit, embora certamente eles possam aparecer nas próximas horas ou dias. Esperamos que isso não aconteça, na verdade. Pode ser divertido saber o que vai acontecer nos próximos episódios de Game of Thrones. Mas não é divertido para os funcionários da HBO que precisarão lidar com esse desastre, ainda mais com a possibilidade de suas informações pessoais serem compartilhadas na internet.

[Variety]