O SAR-401 é um robô cosmonauta russo, projetado para cuidar da parte externa da Estação Espacial Internacional. Ele foi desenvolvido este ano, e agora está se preparando para a sua primeira caminhada espacial.

Trata-se de um protótipo, feito para flutuar pela área externa da ISS em busca de fendas e trincas na nave – em vez de arriscar os cosmonautas em uma caminhada espacial.

O SAR-401 será o primeiro robô a ser utilizado fora da ISS, e deve ajudar a prevenir desastres que lembrem o filme Gravidade.

E você está vendo, na imagem acima, o rapaz segurando equipamentos ao lado do SAR-401? É assim que ele controla o robô. Este vídeo da Russia Today mostra como funciona:

Os braços e dedos serão comandados por um humano dentro da ISS, segundo a New Scientist, usando luvas de feedback tátil, uma jaqueta com sensores, e um capacete HUD (com tela embutida) para ver o que o robô vê, como se o cosmonauta estivesse lá fora no espaço.

Isso justificaria, por si só, o design humanoide do robô, mas os motivos vão além. De acordo com Alexander Zheleznyakov, da Academia Tsiolkovsky de Cosmonáutica:

Androides com aparência humana são melhores para os humanos. A tripulação vai sentir que é mais conveniente e agradável lidar com dispositivos técnicos de aparência humana. Isto vai compensar a falta de comunicação [do robô]… Antigamente, a ênfase era colocada apenas na funcionalidade dos robôs.

Ainda não há previsão de lançamento do SAR-401 ao espaço. [Russia Today via New Scientist]

Foto por Mikhail Pochuyev/Photas/Tass/PA