Tecnologia

1 a cada 3 adultos nos EUA já experimentou ferramentas de IA, diz estudo

Conduzido nos Estados Unidos, o estudo aponta que os millennials são os que mais usam ferramentas de inteligência artificial (IA)

Os millennials são os que mais usam ferramentas de inteligência artificial (IA), ultrapassando até mesmo a geração Z. É o que diz um relatório divulgado pelo site The Verge. Conduzido nos Estados Unidos, o estudo aponta que mais de 57% dos entrevistados já ouviram falar ou usaram o ChatGPT.

Em parceria com a consultoria de dados The Circus, a Vox Media consultou mais de 2 mil norte-americanos no mês de abril de 2023. O objetivo foi compreender o alcance das plataformas de IA, quais delas estão sendo adotadas mais rapidamente e a opinião das pessoas sobre o impacto dessa tecnologia na sociedade.

A pesquisa mostra que apenas 1 em cada 3 norte-americanos já usou uma ferramenta de IA, considerando as maiores do momento (ChatGPT, Bing Chat, My AI, Bard, Midjourney e Stable Diffusion).

Levando em consideração a população acima dos 18 anos nos EUA, são quase 80 milhões de pessoas. Isso indica a rápida adoção dessas ferramentas, que estão crescendo cada vez mais, inclusive no Brasil.

O relatório Future of Jobs, do Fórum Econômico Mundial, aponta que 75% das companhias entrevistadas em diversos países, incluindo o Brasil, já adotaram práticas com uso de IA, ou estão se preparando para isso.

A Vox também aponta em seu estudo “Hope, Fear, and AI” (Esperança, Medo e IA) que essa tecnologia ainda não tem sido tão utilizada por pessoas mais velhas.

“Apesar da ampla cobertura das notícias, o uso dessas novas ferramentas ainda é bastante limitado, pelo menos quando se trata de produtos de IA dedicados. E a experiência com essas ferramentas é decididamente voltada para usuários mais jovens”, diz o material.

Buscando popularidade

A pesquisa também indica que a maioria das plataformas ainda não conquistaram a mesma popularidade que o ChatGPT. Quando se trata dos demais aplicativos de IA, como o próprio Bard, do Google, 62% responderam que não conheciam a ferramenta. No caso do Stable Diffusion, da Stability AI, 77% desconheciam o app que transforma textos em imagens.

Em relação aos efeitos da IA nas profissões, quase metade dos norte-americanos consultados concordam que a tecnologia vai afetar o seu local de trabalho. 47% acreditam que a IA é muito ou moderadamente impactante para o setor em que trabalham. Cerca de um terço dos americanos (34%) pensa que essa mudança no mercado de trabalho já está acontecendo, ou vai acontecer em 2024.

As ferramentas criativas estão impulsionando a adoção mais rápida: 91% dos usuários de IA relatam que usaram as ferramentas para criar materiais escritos, imagens, músicas ou vídeos – um sinal de como a IA tem transformado a indústria criativa. Confira aqui o relatório completo com os demais resultados da pesquisa.

Assine a newsletter do Gizmodo

fique por dentro
das novidades giz Inscreva-se agora para receber em primeira mão todas as notícias sobre tecnologia, ciência e cultura, reviews e comparativos exclusivos de produtos, além de descontos imperdíveis em ofertas exclusivas