10 coisas que o 3D Touch dos novos iPhones permite fazer

Uma das coisas mais legais dos novos iPhones é o 3D Touch, aquele mecanismo sutil de toque que permite acessar rapidamente tarefas comuns.

Indiscutivelmente, uma das coisas mais legais dos novos iPhone 6s e iPhone 6s Plus é o 3D Touch, aquele mecanismo sutil de toque que permite acessar rapidamente tarefas comuns. Aqui estão nossos 10 atalhos favoritos até agora.

>>> Primeiras impressões: iPhone 6S ficou mais útil com Siri esperta e 3D Touch

Shazam: Às vezes, você tem apenas poucos segundos para usar o Shazam para identificar uma música, e este atalho é a melhor opção para se usar antes que seja tarde demais.

Dropbox: para quem se mantem fiel ao Dropbox, acesso rápido a arquivos recentemente adicionados e busca são adições bastante práticas.

Evernote: eu recebo de braços abertos qualquer coisa que facilite o processo de fazer anotações no iPhone.

Dar uma olhadinha em emails: eu queria que isto estivesse disponível em outros apps de email, porque é maravilhoso. Use o 3D Touch para uma prévia instantânea do email, que desaparece quando você tira seu dedo da tela.

Cursor do teclado: colocar o cursor num lugar específico para corrigir um erro de digitação é sempre um problema. Com o 3D Touch, você pode deslizar o cursor pela tela com uma visão muito mais precisa do texto que está editando.

Instagram: sim, eu quero postar a foto do pôr-do-sol que acabei de tirar sem ter que abrir o app e depois escolher Novo Post.

Câmera: Quem gosta de tirar selfies vai adorar esta, mas é prático para vários tipos de fotografia. Aproveite para capturar aquele momento especial!

Live Photos: Uma besteira? Talvez. Mas é divertido.

Mapas: Ok, é só para o Apple Maps e não para o Google Maps (ainda). Será que o 3D Touch vai me converter para o sistema de navegação próprio da Apple? Veremos.

Apple Music: o app de iOS do Apple Music é horrível, então qualquer coisa que poupe você de entrar naquela interface bagunçada é bem-vinda.

Estes atalhos são ótimos, não há dúvidas. Mas não fique pensando que eles estão economizando mais do que um ou dois toques na tela. São apenas frações de segundo, mas elas vão se somando. E a satisfação mental de ver estes menus aparecendo na tela não é insignificante. É divertido!

A adoção dos apps de terceiros virá, inevitavelmente, mas como a função é implementada é o que realmente faz a diferença. Mesmo no conjunto de apps nativos da Apple há muitas coisas que podem ser feitas.

O app de previsão do tempo, por exemplo, poderia mostrar as informações com o 3D Touch. O Apple Music podia ter um menu com acesso ao artista ou à playlist mais recente. Melhor ainda, cada um desses apps poderia liberar a customização dos comandos do sistema de pressão.

Em resumo, o futuro do 3D Touch parece promissor, mas está nas mãos dos desenvolvedores a possibilidade de torná-lo um recurso indispensável.

Sair da versão mobile