A ciência do arco-íris é algo que nos ensinam na escola. Gotículas de água no ar agem como pequenos prismas, curvando e dividindo a luz. Quando há muita água no ar, e muita luz do sol, forma-se o arco-íris.

A realidade, no entanto, é um pouco mais complicada. Durante décadas, os arco-íris foram classificados em livros-texto com base no tamanho médio de suas gotículas de água. Mas o tamanho das gotas, por si só, não pode explicar a diversidade de arco-íris que vemos na natureza.

Uma equipe de cientistas atmosféricos descobriu 12 tipos diferentes de arco-íris, ao classificar centenas de fotos com base na visibilidade das seis cores – violeta, azul, verde, amarelo, laranja e vermelho – e a presença de faixas adicionais.

Isso inclui um arco-íris sem a cor verde, um arco-íris vermelho e azul, e um arco-íris amarelo e laranja. Eles apresentaram suas conclusões no encontro da União Geofísica Americana esta semana.

arcoiris (2)
Um arco-íris duplo após uma tempestade. Foto por Grant Eaton/Flickr

Alguns arco-íris têm um segundo arco que possui cores na ordem inversa – o clássico “double rainbow” – causado pelo reflexo da luz do arco principal. Ocasionalmente, nós vemos uma faixa mais escura no céu entre os dois arcos – é a “faixa escura de Alexander”. Às vezes, até presenciamos faixas brilhantes – os “arcos supranumerários” – na parte superior e inferior do arco-íris.

E quando o sol está baixo no céu, o arco-íris começa a perder cores. Como a luz viaja uma distância mais longa pela atmosfera para atingir os nossos olhos, os comprimentos de onda mais curtos se dispersam. Nesse caso, ficamos com nada além de uma linda mancha vermelha.

Estes são os 12 tipos de arco-íris:

– todas as cores visíveis, com faixa escura de Alexander forte e arcos supranumerários
– todas as cores visíveis, com faixa escura de Alexander forte, sem arcos supranumerários
– todas as cores visíveis, com faixa escura de Alexander fraca e arcos supranumerários
– todas as cores visíveis, com faixa escura de Alexander fraca, sem arcos supranumerários
– sem violeta ou sem azul
– sem verde
– sem violeta e sem azul
– sem azul e sem verde
– apenas azul e vermelho
– apenas amarelo e laranja/vermelho
– apenas vermelho
– anômalos/outros

tipos arco iris

Então, se você tiver a sorte de avistar um arco-íris estranho, parcialmente colorido, há agora um esquema de classificação que diz exatamente o que está acontecendo. Um arco-íris vermelho difuso, por exemplo, só ocorre perto do nascer ou pôr do sol, quando o céu está cheio de pequenas gotas de água.

[Estudo (PDF) via Science News e National Geographic]

Foto: arco-íris no pôr do sol por Steve Jurvetson/Flickr