De acordo com a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), a indústria da música fez 3,7 bilhões de dólares com downloads digitais em 2008. Pena que isto é apenas os 5% das músicas baixadas pelas quais as pessoas realmente pagam.

Apesar de ser uma das mais obscuras estatísticas entre as estatísticas obscuras de se acompanhar (quantificar o mercado negro/cinza é algo bem difícil), o relatório de 2008 da IFPI estima que apenas 5% das músicas que adquirimos online são compradas legitimamente. Bom, isso faz perfeito sentido pra mim, mas é bom ter perspectiva deste valor de vez em quando.



Que tal uma resolução de Ano Novo para apoiar as bandas que você mais ama ao comprar algo deles, e se possível diretamente? Eu sei que pelo menos o meu carma musical adoraria receber um choque positivo. [relatório IFPI (PDF) via BBC, CrunchGear]