Artistas que usam tinta, cola e estêncil em paredes estão tendo em alta. Gente como Shephard Fairey, Banksy e muitos outros (Hanksy!) tem tido vídeos, exposições em grandes galerias e muitos posts pela internet registrando — e celebrando — suas obras.

Estes trabalhos, ainda ilícitos, existem em forma 2D nas paredes, embelezando as laterais de prédios, outdoors ou qualquer espaço plano da selva de concreto. O artista radicado em Bruxelas David Mesguich cria instalações que trazem uma nova dimensão à arte pública não-autorizada. Ele me contou por e-mail que suas principais inspirações incluem a década que ele passou “transgredindo com o graffiti”, jogos arcade em 3D, e uma “ligação com o universo carcerário” (seu pai foi um “gangster conhecido”, e Mesguich agora fala em cadeias da França e colabora com prisioneiros para criar peças destinadas a locais específicos).

ku-xlarge

Os humanoides facetados de Mesguich, feitos de folhas plásticas recicladas, variam em termos de escala, indo de pessoas de tamanho realístico para cabeças enormes. Eles são, ao mesmo tempo, belos e assustadores, perturbadores e envolventes. As reações observadas podem ser similarmente ambivalentes, com algumas de suas instalações externas tendo durado meses, enquanto outras duraram algumas semanas ou até mesmo foram destruídas com apenas alguns dias.

Abaixo, você pode ver algumas fotos do processo de Mesguich de montar uma escultura e transportá-la na traseira de um caminhão até seu novo lar, a céu aberto. [Ignant]

ku-xlarge (2)

ku-xlarge (1)

User comments

ku-xlarge (4)

ku-xlarge (6)

User comments

User comments

ku-xlarge (9)

User comments

ku-xlarge (10)