Hoje (29) a HBO Max chegou ao Brasil e a vários outros países da América Latina. Com centenas de produções importadas do catálogo dos Estados Unidos, confira os maiores destaques e como funciona a assinatura do serviço de streaming da Warner – e se vale mesmo a pena ter mais um catálogo a seu dispor.

Planos

Ao que mais interessa primeiro: a relação custo-benefício do serviço. Há duas opções, sendo mobile (exclusiva para smartphones e tablets com o aplicativo) e multitelas (todos os dispositivos). Em promoção até o dia 31 de julho, o plano de um mês mobile está R$9,95 e o multitelas está R$13,95. Por referência, até a manhã de hoje, os pacotes disponíveis eram de 1 mês, 3 meses e 12 meses. Os valores mensais sem desconto eram de R$19,90 (mobile) e R$27,90 (multitelas).

Abaixo você vê os detalhes de cada um:

Na seção de login você também encontra a opção de entrar com seu provedor e acessar o catálogo sem custo adicional, caso tenha HBO no seu pacote. Ou seja, donos da NET/Claro, Oi, Sky, Tim, Vivo e outros provedores que já tinham HBO Go podem aproveitar a HBO Max de graça.

Catálogo atual

O catálogo é diverso, abrangendo as marcas HBO, HBO Max, Warner, DC, Adult Swim e Cartoon Network.

Você aproveita séries como:

  • Friends
  • Game of Thrones
  • Euphoria
  • Família Soprano
  • True Detective
  • Rick and Morty
  • Batwoman

Os filmes de maior destaque são:

  • Mulher-Maravilha 1984
  • Má Educação
  • Interestelar
  • Os Infiltrados
  • Cidadão Kane
  • Liga da Justiça de Zack Snyder
  • Mad Max
  • Coringa

Dentre franquias há:

  • Matrix
  • Senhor dos Anéis
  • Harry Potter
  • Máquina Mortífera
  • Cavaleiro das Trevas

Estreias de 2021

Desde dezembro do ano passado a HBO Max anunciou que as produções da Warner Bros. no cinema iriam ao ar no mesmo dia no serviço. Porém, diferente dos EUA, essa regra não vai ser aplicada por aqui. Só depois de 35 dias da estreia aqui os filmes chegarão na HBO Max, ficando por um mês.

Teremos até o fim do ano as estreias de:

  • Duna
  • Matrix 4
  • O Esquadrão Suicida
  • Space Jam: Um Novo Legado
  • The Many Saints of Newark

E aí, vale a pena?

A interface retrabalhada do serviço tornou-se mais intuitiva do que o antigo HBO Go, tendo funções como os outros competidores fortes já presentes no mercado brasileiro. Quem tinha o streaming antigo vai notar que há mais facilidade em acessar os títulos desejados.

Os valores também estão dentro do mercado, mesmo que não haja um “meio termo” entre mobile e premium – se você quer acessar pelo computador, precisa do plano multitelas.

O Amazon Prime Video continua sendo o melhor custo-benefício por aqui (menos de R$10 por mês, sem limite de dispositivos), enquanto a Netflix oferece o maior catálogo (mais de 3.500 itens), mas a HBO Max é um nome de peso que chega com fortes originais e direitos exclusivos de famosas produções. Afinal, são “15 mil horas” de conteúdo desde já.

Assine a newsletter do Gizmodo

Relembrando: quem tem uma assinatura de TV a cabo em um plano com HBO pode fazer login na HBO Max. É só clicar em “Entrar com provedor”, a zero custo. Sem sombra de dúvidas, esta é uma ótima opção para aqueles que querem um diferencial remoto e não dispensam ver filmes e séries na televisão.