Sempre vão existir abutres estragando alguma coisa boa trazida pela tecnologia, e neste ano pipocaram incidentes de acomodações no Airbnb com câmeras escondidas instaladas para espiar os hóspedes. Com este problema em mãos, o serviço online decidiu… focar seus esforços em outra coisa: tours virtuais.

Em um post de blog, o Airbnb anunciou estar trabalhando no desenvolvimento de funcionalidades de realidade virtual e realidade aumentada para a navegação da listagem de acomodações. Os usuários poderão, em breve, usar escaneamentos tridimensionais e fotos em 360º para ter uma noção melhor das acomodações que encontram no site, com um recurso de realidade aumentada para entender em detalhes o que acharão no quarto/casa/apartamento que alugar.

Dentre os exemplos de situações em que as novas funções serão úteis, o Airbnb destaca, por exemplo, possíveis tutoriais para como ajustar o termostato, a água quente do chuveiro ou trancar e destrancar a porta.

Embora as novidades sejam bem legais e devam enriquecer ainda mais o serviço, o Airbnb talvez devesse voltar mais suas atenções para um problema crescente, destacado na semana passada pelo Buzzfeed: as pessoas estão sendo espionadas por seus anfitriões.

Alguns donos das casas e apartamentos listados no site têm disfarçado coisas como detectores de movimento e detectores de fumaça para instalar câmeras online nas acomodações, ou simplesmente escondendo as câmeras mesmo. O Buzzfeed listou uma série de episódios em 2017 em que o incidente se repetiu, mas, por agora, parece haver pouco que o Airbnb possa fazer.

Um porta-voz da empresa contou ao Buzzfeed que esse tipo de incidente é “extremamente raro”, e o procedimento quanto a esses infratores tem sido de bani-los do serviço e oferecer um reembolso às vítimas.

Embora não seja fácil lidar com o problema, apenas excluir as pessoas da plataforma não é o tipo de medida que vá inibir significativamente a ação. Como é comum entre apps, a postura tomada é de quem lava as mãos, apresentando-se como apenas um serviço de tecnologia que conecta quem quer alugar um espaço e quem tem um espaço sobrando.

Mas, ei, olha que maneira essa planta 3D!

[Airbnb, Buzzfeed]

Todas as imagens: Airbnb