O Windows 10 Mobile vem sumindo em questão de vendas, mas algumas fabricantes ainda continuam trazendo lançamentos com o sistema. Uma delas é a Alcatel, que anunciou o primeiro smartphone Windows com headset de realidade virtual.

A caixa do Alcatel Idol 4S com Android se transforma em um headset de realidade virtual
O que está por vir no “modo PC” do Windows 10 Mobile



O Alcatel Idol 4S vem com um headset simples semelhante ao Samsung Gear VR. Como nota o The Verge, a experiência deve ser limitada a vídeos de 360 graus e a alguns jogos 3D, porque “a Microsoft não tem planos para suporte a Windows Holographic”.

O Microsoft HoloLens, headset de realidade mista, usa o Windows Holographic para colocar objetos virtuais no mundo real. Os apps desse sistema poderão rodar em PCs com Windows 10 no ano que vem, com auxílio de um head-mounted display (HMD), dispositivo de vídeo usado na cabeça como um capacete – mas não em smartphones.

Por dentro, o Idol 4S traz o processador Snapdragon 820, 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento expansível por microSD e câmeras de 21 megapixels e 8 MP. A bateria é de 3000 mAh, e temos aqui um leitor de digitais na traseira. O smartphone também possui suporte a Continuum: é possível conectá-lo a uma tela grande, teclado e mouse e ativar o “modo PC”.

Resta ver se a experiência de realidade virtual será boa com a tela de 5,5 polegadas e resolução Full-HD – são apenas 400 ppi de densidade de pixels, pouco para VR.

Vale lembrar que a Microsoft já fez experimentos com realidade virtual móvel antes. No ano passado, a Virgin Atlantic distribuiu headsets VR equipados com o Lumia 950 para oferecer um tour guiado a clientes da primeira classe, “usando um vídeo de alta resolução de 360 graus”. O Lumia 950 possui tela com resolução 2560 x 1440, uma densidade de 564 ppi.

O Alcatel Idol 4S será lançado nos EUA pela operadora T-Mobile em 10 de novembro, custando US$ 470.

[T-MobileMicrosoftThe VergeUbergizmo]