Em 2005, Tanya Vlach perdeu um olho em um acidente de carro e, desde então, usa a prótese (acima). O olho artificial é “uma excelente reposição estética”, mas Tanya diz estar “interessada em aproveitar o avanço atual da tecnologia” para melhorar sua prótese. Ela procura por pessoas que possam ajudá-la a montar um “olho-câmera” (eye-cam) high-tech.

Tanya planeja algo muito ambicioso. A modificação de sua prótese atual permitiria capturar e gravar vídeo, teria slot para cartão miniSD, saída A/V, Bluetooth e coisas ainda mais loucas, como pupila que se dilata com a mudança de luz e sensores que respondem a piscadelas para que a câmera ligue/desligue, tire fotos e ajuste zoom e foco.

O dinheiro Tanya está atualmente atrelado ao pagamento de suas contas médicas, o que impede que ela própria financie o desenvolvimento do aparelho. Mas se você se acha capaz de construir uma parte da história da arte/medicina, visite seu site e escreva-lhe. [One-Eyed via KK via Boing Boing]