Após 50 anos de carreira, o cartunista paulistano Arnaldo Angeli Filho, conhecido como Angeli, anunciou nesta quarta-feira (20) que está se aposentando das produções de charges inéditas. Considerado um dos mais importantes nomes dos quadrinhos no Brasil, ele foi diagnosticado com afasia progressiva primária.

Como quem lê o Gizmodo Brasil viu por aqui, o ator americano Bruce Willis, famoso por filmes de ação como “Duro de Matar”, também declarou aposentadoria recentemente devido ao mesmo diagnóstico.

A afasia é uma doença neurodegenerativa que prejudica a comunicação. Conforme ela evolui, pode chegar a incapacitar a expressão verbal ou escrita. 

Criador de personagens antológicos das HQs brasileiras, como Rê Bordosa, Bob Cuspe e Wood & Stock, o artista de 65 anos confirmou a notícia em sua conta do Twitter, citando “questões de saúde”. Veja abaixo.

Ao G1, Carolina Guaycuru, sua esposa, revelou que o diagnóstico aconteceu há alguns anos, e que Angeli seguirá atuando como artista.

“Essa é uma condição degenerativa e, de um mês para cá, ficou um pouco mais pesada. Achamos que assim ele poderá trabalhar e produzir neste novo momento de vida mais tranquilamente”, disse Carolina.

Segundo a equipe de Angeli sugeriu no Twitter, edições reunidas da obra do artista devem ser lançadas nos próximos anos. A Folha de S.Paulo adiantou que uma delas está sendo organizada pela editora Companhia das Letras, que já publicou coletâneas de alguns dos personagens mais famosos de Angeli.