A essa altura, não é segredo que o teclado borboleta usado em modelos novos dos laptops MacBook e MacBook Pro tem sérios problemas. A Apple demorou para reconhecer e agora, finalmente, está oferecendo consertos gratuitos do design defeituoso do teclado.

Donos de MacBooks de 2015 e MacBook Pros de 2016 e de novas geração desses computadores terão a possibilidade de ter alguns problemas relacionados ao teclado consertados gratuitamente pela Apple por meio de um novo programa. Para quem já gastou dinheiro com reparo, a Apple vai oferecer reembolso.

Apple é processada nos EUA por problemas com teclados borboleta em MacBooks Pro

De acordo com a Apple, o programa corrigirá letras ou caracteres nos teclados que apresentam repetição inesperada, letras que não aparecem quando a tecla é pressionada, e teclas “pegajosas” ou que não respondem de maneira consistente — todos esses problemas que donos de MacBooks novos já enfrentaram em algum momento.

De acordo com o programa da Apple, os laptops elegíveis para correção são estes:

MacBook (Retina, 12-­inch, Early 2015)
MacBook (Retina, 12­-inch, Early 2016)
MacBook (Retina, 12-­inch, 2017)
MacBook Pro (13­-inch, 2016, Two Thunderbolt 3 Ports)
MacBook Pro (13-­inch, 2017, Two Thunderbolt 3 Ports)
MacBook Pro (13-­inch, 2016, Four Thunderbolt 3 Ports)
MacBook Pro (13-­inch, 2017, Four Thunderbolt 3 Ports)
MacBook Pro (15-­inch, 2016)
MacBook Pro (15-­inch, 2017)

Donos desses dispositivos poderão levá-los até uma Apple Store ou Centro de Serviço Autorizado da Apple para serem consertados gratuitamente — embora é importante ressaltar que a Apple tem o hábito de achar novos problemas que precisam ser consertados em um dispositivo, e a companhia não perderá a oportunidade de corrigir esses problemas.

A Apple alerta que o conserto dos problemas pode exigir a substituição de teclas individuais ou do teclado inteiro. Se o local em que você levar o dispositivo não tiver a peça, você pode ficar sem seu laptop por alguns dias.

Esse programa marca a primeira vez que a Apple reconhece algo que proprietários de MacBook e MacBook Pro já sabiam: o design do teclado borboleta é péssimo. Introduzido em 2015, o teclado borboleta não parece muito diferente no teclado tradicional (“de tesoura”) da Apple, mas o mecanismo sob as teclas é totalmente diferente. O design borboleta reduz o “trajeto” requerido para registrar um toque na tecla e permitiu que a Apple reduzisse o design do item no laptop. A companhia, na apresentação do teclado, disse que o design o tornava “quatro vezes mais estável” que o padrão anterior, que usava o mecanismo de tesoura.

Diferença de mecanismo de teclado tesoura (usado na maioria dos computadores) e o borboleta, usado em alguns laptops Apple. Crédito: Reprodução

O maior problema é que quase não tem margem para erro nas teclas. Se uma migalha ou poeira ir para baixo da tecla, ela simplesmente para de funcionar.

No fim das contas, o teclado se tornou umas das principais reclamações entre os donos de novos laptops da Apple, bastava um pouco de sujeira entrar entre as teclas que isso já tornava o teclado praticamente inútil. É comum que o mecanismo ficasse preso e alguns usuários reportaram que ouviam sons agudos ao pressionar as teclas.

O problema é tão ruim que alguns usuários começaram a se unir para ter a atenção da Apple. Mais de 31 mil pessoas assinaram uma petição no change.org pedindo que a companhia fizesse um recall de MacBooks com o teclado borboleta, além disso a empresa foi alvo de uma ação coletiva pelo problema no início do ano. O programa de reparo pode reduzir as reclamações, mas a lição disso é que a Apple deve à prancheta de desenhos para pensar num novo tipo de mecanismo para seus futuros laptops.

[Apple9to5Mac]

Imagem do topo: Getty Images