O caso da limitação de desempenho de iPhones antigos ainda não acabou e a Apple está estudando reembolsar os clientes que pagaram mais pela troca de bateria. Desde janeiro, o valor passou de R$ 449 para R$ 149 no Brasil (nos Estados Unidos eram US$ 79 e passou a custar US$ 29).

• Apple: nunca faríamos algo para encurtar a vida útil de um de nossos produtos
• O que aconteceu com meu iPhone X após dois meses de uso

A afirmação foi feita pela vice-presidente de políticas públicas da Apple, Cynthia Hogan, quando questionada pelo senador republicano John Thune a respeito da possibilidade de devolução do dinheiro para usuários que pagaram mais caro, respondeu: “Sim, estamos explorando isso e vamos atualizá-lo adequadamente”. A informação foi publicada originalmente pelo Recode.

Apesar da declaração ter sido feita para o Senado dos Estados Unidos, é provável que a política se estenda para o Brasil também. Desde o início da novela com as baterias desgastadas, a Apple adota as mesmas medidas globalmente.

Resposta de Cynthia Hogan, vice-presidente de políticas públicas da Apple (Foto: Divulgação/Apple)

O desconto na troca de bateria dos iPhones vai até dezembro deste ano e valem para o iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone SE, iPhone 7, iPhone 7 Plus, iPhone 8, iPhone Plus e iPhone X.

Além disso, a Apple anunciou que versões futuras do iOS permitirão desligar a função de limitação de desempenho. Por outro lado, pode ser que o seu celular comece a desligar repentinamente já que a bateria não vai aguentar o tranco. A versão beta do iOS 11.3 já conta com a opção.

Caso a Apple decida reembolsar os consumidores, dinheiro não vai faltar.

[Recode]

Imagem do topo: Alessandro Junior/Gizmodo